InícioColunistasColuna do WebinhaCHAFARIZ É BELEZA, É VIDA

CHAFARIZ É BELEZA, É VIDA

Tempo de leitura: < 1 minuto

Sou fã de chafarizes. Considero um equipamento indispensável no embelezamento urbano de qualquer cidade. Cabe na praça, no logradouro, no jardim… mas, é no meio público, na praça, que assume sua importância e imponência. Por aqui, nossos urbanistas e estudiosos parecem nutrir pouca simpatia pelo equipamento, pois sequer se lembram dele. Devem considerá-lo uma coisa antiga, de outros tempos. Lembro bem de um simples chafariz instalado no canto da praça João Corrêa (ou seria Ramsés II) onde, hoje, localiza-se o serviço de informações turísticas em frente ao demolido COMTUR, isto na décadas de 70/80, que funcionava somente em ocasiões especiais. Temos locais espetaculares a merecer este adorno, lógico com planejamento para evitar atritos e equívocos como aquele que o açodamento ocasionou quando da instalação daqueles chafarizes no corredor de entrada da Catedral de Pedra, anos atrás. Sabe-se ser um equipamento que necessita acompanhamento permanente, mas o seu custo benefício compensa.

A instalação deste tipo de embelezamento é café pequeno considerado o atual estágio das finanças municipais, bastando uma simples leitura dos valores do orçamento. Desnecessário até falar em emendas parlamentares. Sendo nosso vetor econômico o turismo, que tal implantar algo nesta linha?

 

RÁPIDAS E SELECIONADAS

                                                                             

  • Atingiu a marca dos 58% de eleitores canelenses que já efetuaram a biometria. Um ato fácil e rápido. Houve uma pequena acelerada e conforme a sabedoria popular, passou da metade vai mais rápido.
  • Anos atrás, o pessoal do futebol ficava todo assanhado nesta época do ano com a possibilidade da dupla Gre-Nal realizar as suas pré-temporadas em Canela e claro, de lambuja fazer um jogo treino com o Serrano. O grande ganho era a espetacular mídia para a cidade e para o Serrano. Acabou tudo.
  • Dentro do contexto populacional e territorial brasileiro, Santa Catarina é um estado pequeno, isto não impediu de, há poucos anos, ter tido quatro equipes profissionais disputando o brasileirão ao mesmo tempo. Uma façanha, quase um milagre. O pequeno e pujante estado, não resistiu. Em 2020 ficará sem representantes no campeonato.
  • No próximo dia 5, completarão 34 anos da morte do cantor Teixeirinha. Semana que vem voltaremos ao assunto.
  • Independentemente de ser a terra dos Bertussi, São Chico é um município privilegiado e em breve deverá descobrir a sua veia turística. Quem tem um lago São Bernardo, onde inclusive pode-se pescar de verdade e um “avenidão” como aquela do centro da cidade, pode e deve sonhar com este filão econômico que é atividade turística. Nem falo do projeto da linha de trem Maria fumaça, caso torne-se uma realidade.
  • Rubens Hofmeister foi o maior dirigente esportivo que o Rio Grande já teve, quiçá do Brasil, respeitada a projeção mundial atingida por João Havelange. Foi um pioneiro em quase tudo, anos na frente do restante da turma que mexia com futebol com muita paixão, mas pouca visão. Toda esta extraordinária evolução que o futebol atingia do campo para fora nos últimos anos, já era prevista e projetada pelo Hofmeister na sua época. Como frequentava com alguma assiduidade os corredores da Federação Gaúcha de Futebol, em atenção aos interesses do Serrano e depois do Celulose, cheguei a manter uma certa proximidade com o dirigente. Faz 18 anos que faleceu, aos 68 anos de idade.
  • Continuo encantado com o tamanho do orçamento municipal. Estamos vivendo o tempo das vacas gordas, usando uma consagrada expressão bíblica. Para fazer, é necessário recurso e este existe. Bom para todos. E sem nhe-nhe-nehém.
  • Firmo cada vez mais uma convicção. Estamos perdendo dinheiro ao não cobrar ingressos em certos espetáculos do Sonho de Natal, claro que com alguns ajustes em seu conteúdo. Mais dia menos dia o processo terá de ser iniciado, afim de os espetáculos se tornarem auto sustentáveis. O turista faz questão de pagar. Está acostumado a fazê-lo por onde anda.
  • A 2ª Companhia da Brigada Militar de Canela, vinculada ao 1° BPAT passará a ter em breve um novo comando. O capitão Ubirajara Dill será o novo comandante, em substituição ao capitão Mascarin recentemente transferido para Caxias do Sul.
  • O Dr Kleber Cunha Vianna era uma referência da advocacia na região. Veio residir em Canela no ano de 1944 por recomendação médica e aqui construiu uma carreira de mais de 50 anos com competência. Atuou também, como juiz do tribunal regional do trabalho da 4ª região, por cinco anos. Faz 15 anos, completados no último dia 30 que faleceu aos 88 anos de idade. Que tal implantar algo nesta linha?

 

“Muitos cristãos querem cear com Jesus, mas poucos querem jejuar com Ele”.

João 6.66-68

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido