InícioColunistasTudo é motivo de chororô!

Tudo é motivo de chororô!

Tempo de leitura: < 1 minuto

Estamos vivendo em um tempo que tudo é racismo, tudo é machismo, tudo é bullyng, tudo é indireta e ofensivo. Não que eu defenda que se tenham apelidos ou que alguém faça qualquer tipo de “chacota” com qualquer outra pessoa, pois ninguém tem esse direito. Mas quem da minha geração, nascida nos anos 80, não lembra dos apelidos de escola? Lá sempre tinha o “seco”, “gigante”, “dentinho”, “sagui”, “gordo”, “toco”, “pica-pau”, “queixo”, “zoreia”,”gamela”, “aleluia”, ”pintor de roda pé”, “pelé”, “nego”, “polaco” e assim por diante, me resguardo de contar os meus. Não que eu defenda os apelidos pejorativos e suas consequências emocionais em cada pessoa, mas daqui a pouco não posso nem chamar o Tobby , meu  cachorro, de jaguara que ele vai me processar. Enfim, é muito mimimi em tempos tão difíceis.

Quando o ministério público vai agir?

Essa é uma pergunta que me faço todos os dias. Estou falando sobre quando o MP vai investigar os preços praticados pelos postos de combustíveis aqui em Gramado e Canela. Semana passada já havia escrito aqui que peguei R$1,05 mais barato para o litro da gasolina ali em Igrejinha. Nesta semana, com mais um aumento praticado pelas refinarias, o valor do litro ultrapassou a marca dos R$5,50 aqui. Enquanto isso, ali na cidade vizinha ainda não atingiu os R$5.00.

Fios soltos

Não é de hoje que vemos fios soltos nos postes, as empresas de telefonia fazem os reparos na fiação e acabam não recolhendo as sobras. Como sabemos, além de poluir o visual, é muito perigoso. Algum deles podem ficar energizado colocando a vida de todos em risco. Lembro-me de um caso em que uma menina perdeu a vida em Canela após levar um choque em um destes fios.

Reclamação

Um morador do bairro Piratini entrou em contato nesta semana para relatar que uma empresa de telefonia realizou um trabalho no bairro e deixou fios soltos, o mesmo estava preocupado porque ali crianças brincam na rua. Em Canela, a assessoria de imprensa enviou e-mail relatando uma reunião entre a prefeitura, concessionária (RGE) e os prestadores de telefonia e internet para discutir uma melhor prestação neste tipo de serviço.

GramadoTur

Rosa Helena Volk enfim assumiu a presidência da autarquia municipal, esta já era a vontade do prefeito Nestor Tissot (Progressistas) em sua última gestão. Logo que ganhou a eleição, anunciou-a. Rosa tem a confiança de Tissot e já foi testada na secretaria de Turismo em outra ocasião. Não resta dúvida da sua competência e conhecimento para este que é uma dos cargos mais importantes que hoje temos no cenário do município.

Conselho tem mudanças

Na reunião que aconteceu na terça-feira (09), para aprovação pelo Conselho de Administração da GramadoTur do nome de Rosa, teve também a saída de alguns nomes do antigo conselho, inclusive o Jorge Maldaner, que era o presidente. O vice-prefeito, Luia Barbacovi (Progressistas), entrou no conselho no lugar aberto por Rosa Helena e foi imediatamente eleito, por unanimidade, presidente do Conselho. Trago aqui os demais membros e quais entidades fazem parte. É importante, pois serão conselheiros e nos representarão nas decisões importantes que Gramado terá na realização dos eventos. Ricardinho Reginato (secretaria de Cultura), Sônia Molon (secretaria de Fazenda), Angelita Ecker (Abrasel), Tiago Martins (CDL), Alexandre Bezzi (Convention & Visitors Bureau), Ricardo Peccin (Visão), Roger Baqui (Síndtur), Alexandre Massoti (Sindimóbil).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido