InícioColunistasColuna do WebinhaINFORMAÇÃO NÃO É CONHECIMENTO

INFORMAÇÃO NÃO É CONHECIMENTO

Tempo de leitura: < 1 minuto

Recebemos informações todos os dias, de todos os tipos de canais, mas isto não nos torna mais sábios.

            O desenvolvimento humano comporta grandes doses de informação para que, em um determinado momento o conhecimento adquirido e desenvolvido durante anos transforme-se em algo semelhante à sabedoria. Porém, é muito importante não confundir informação com conhecimento.

            Devemos levar em conta que a informação pode ser armazenada em qualquer lugar enquanto o conhecimento só perdura na mente das pessoas que após uma longa experiência,conseguem interiorizar toda aquela informação em forma de conhecimento.

            Se não existe informação sobre um objeto concreto, não se pode conhecer a totalidade daquele conceito. Embora estejam bastante relacionadas, são duas concepções completamente diferentes. 

            Os sentidos nos ajudam a obter certo grau de informação do objeto que estamos apreciando, ao qual é preciso acrescentar outros valores, como a própria intuição que temos a respeito dele.

            Dessa forma, fica claro que, ao conhecer algo, estamos adquirindo toda a informação que nos é oferecida a respeito dele e graças a isso somos capazes de assimilá-lo com naturalidade.

Allan Percy

 

A ESTÁTUA DO RAMSÉS II

Ainda com relação a carta e ao tópico publicados que fazem referência a nova e portentosa estátua do faraó Ramsés II Imperador Egípcio, recentemente implantada na praça João Corrêa no centro da cidade.

Passado o espanto e a surpresa que leitura fazer do ato? Qual seria a razão plausível, aquela que se justifica por si só, como dizem o pessoal ligado ao meio jurídico?

Seria um símbolo de amizade e cooperação com a cultura canelense, conforme diz a placa do monumento? Amizade e cooperação onde? Difícil de entender.

Como inexiste em nosso município um fato similar com relação a outras culturas até bem mais próximas aos canelenses, entendo ter havido uma ruptura de conceito. De conceito tácito.

Que importância tem esse fato? Que importa isso? Importa muito em nossa cultura. Importa em nossa identidade. Importa em nossos verdadeiros e reais valores que deveriam receber mais cuidados e reconhecimento.

 

RÁPIDAS E SELECIONADAS

  • Sobre o episódio Amigo Bicho: cães e outros animais soltos na rua é um problema urbano e público do nosso tempo, resultante de educação que parte da comunidade ainda não assimilou. Se o problema não era bem conduzido pela Amigo Bicho, pior será sem ela. A possível nova solução passará integralmente pelo poder público, e com certeza terá um custo consideravelmente maior, pois as ongs sempre envolvem percentuais de trabalho voluntário.
  •  
  • Reconheço-me um saudosista do futebol amador. Como por aqui acabou tudo, preciso registrar a realização no último feriadão de 15 de novembro do Campeonato Sul Brasileiro de Amadores em Curitiba. Que reuniu as equipes campeãs do RS, PR, SP e SC. Venceu a equipe do Iguaçu do Paraná. O RS foi representado pelo Tramandaí, que foi campeão da Liga Serra Mar em 2018.
  •  
  • Fiquei com ciúmes do município de Bento Gonçalves que irá sediar, agora no início do mês a cúpula dos países do Mercosul, inclusive com a presença do presidente Bolsonaro. De certo, no meu subconsciente ficou marcado o tal de direito adquirido por termos sediado o 1º encontro em 1992 no Laje de Pedra.
  •  
  • Quando de sua inauguração em 24 de novembro de 1980, portanto há 39 anos, o Parque do SESI representou um plus considerável para o município. Desde então, proporciona área de lazer e bem-estar para o trabalhador, organiza atividades esportivas com qualidade, oferecendo um local aconchegante de área natural privilegiada.
  • Mantive uma boa amizade com João Felipe Bohrer. Homem franco e sem papas na língua. Foi vereador em duas legislaturas e alcançou expressão para concorrer à prefeitura em 1976. No último dia 22 completaram-se 11 anos do seu falecimento aos 82 anos de idade.
  •  
  • O orçamento municipal para 2020 foi projetado em R$ 209 milhões. São números robustos, para ninguém colocar defeito. Assim como o do vizinho Gramado deve ser, proporcionalmente, um dos maiores orçamentos entre os 496 municípios do estado. São valores eloquentes, que permitem realizações de porte.

 

“Ninguém tem direito de reclamar das trevas deste mundo se não é capaz de acender uma luzinha”.

Filipenses 2.15

           

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido