InícioColunistasColuna do WebinhaÉ MELHOR TER E NÃO NECESSITAR

É MELHOR TER E NÃO NECESSITAR

Tempo de leitura: < 1 minuto

Ter muito dinheiro ou ser uma celebridade não significa ser esbanjador, extravagante ou caprichoso. Há pessoas muito abastadas que vivem de forma simples.

Um bom exemplo disso é Warren Buffet que até pouco tempo atrás era a pessoa mais rica do mundo. Em 50 anos jamais se mudou de casa, embora pudesse morar em uma mansão. Detesta iates e carros luxuosos, que considerava brinquedos supérfluos. Apesar de poder frequentar os melhores restaurantes, sente-se satisfeito em comer um hambúrguer com batatas fritas.

Ingvar Kamprad, fundador da multinacional de móveis Ikea, é outro exemplo. Ao ir para o trabalho, costuma usar o transporte público e, quando precisa pegar o seu carro, dirige seu volvo com mais de 15 anos de uso.

Essas pessoas que podem esbanjar, mas vivem de forma comedida são um exemplo e um consolo em tempos de crise, já que com seu exemplo, demonstram que podemos viver como milionários (inteligentes), sem termos um único centavo.

 

RÁPIDAS E SELECIONADAS

  • Opa, Canela se manifestou oficialmente e também deseja implantar uma escola cívico militar, conforme havíamos alertado bem lá atrás. Tomara que não tenha chegado atrasado. Gostei demais!
  • Em breve nosso município passará a ser atendido por um novo tabelião titular, assim como, um novo endereço de funcionamento do tabelionato. Passará a funcionar na rua Dona Carlinda, próximo aos correios.
  • Nas últimas edições relacionamos algumas melhorias, ora em execução na monumental Catedral de Pedra. Julgo necessário também referir os responsáveis por estas iniciativas, até porque são ações realizadas com cunho voluntário. No tocante as obras, a arquiteta Margarida Weber faz o acompanhamento e o Leco Rigotto que preside o Conselho da Igreja Católica, incentivou e viabilizou o lado financeiro.
  • Enquanto a tecnologia não avançar para o uso de satélites ou assemelhados a torre da CRT continuará sendo usada e permanecerá, desarmonizando e prejudicando a estética do nosso centro.
  • A grande notícia da semana foi a compra pela Coopec, do prédio onde funcionou até aqui. Sou fã incondicional do sistema cooperativo, que sempre dá certo, bastando ser gerido com foco e honestidade. Simples assim. Foi o caso da cooperativa de professores que criou e geriu a escola até agora. Bastou um pequeno, mas continuado sacrifício de parte do salário, para serem alcançados valores que permitiram o investimento. É a essência do cooperativismo.
  • Durante a semana encontrei o ex-prefeito de Bom Jesus, Julio César Pannebecker, o Cesinha, que atuou como secretário na última administração do ex-prefeito Vellinho Pinto. Com alguma debilidade física na saúde (implantou quatro safenas), mas alegre e solícito como sempre. Está residindo em Canela, na Vila Boeira.
  • O cálculo é grosseiro, mas próximo do real. Para a legalização da construção de um prédio com cerca de 30 apartamentos, entre licenciamentos ambientais, aprovação de planta… transmissão do terreno etc., o caixa da Prefeitura recebe em torno de R$ 200 mil. Novos e bons tempos em termos financeiros.
  • Alguém tem saudade do horário de verão, que nestas alturas do mês estaria vigorando?
  • Semana passada, referi algumas facetas do ex-prefeito BertholdoOppitz, em razão do aniversário do seu falecimento. Esqueci de falar os valores do salário que recebia. Passou os quatro anos do mandato com um subsídio de 2,5 salários mínimos, conforme estipulado pela Câmara de Vereadores, onde inclusive o seu partido tinha maioria. Foi uma judiaria, até porque era homem de reduzidas posses. Não tinha outros ganhos.
  • Li com atenção a reportagem do Jornal Integração sobre o novo aeroporto de Vila Oliva e sua ligação para Gramado. A necessidade de construção de uma nova ponte sobre o rio com extensão de 800 metros com um vão de 200 metros de altura, encerra o assunto. Sem chances de viabilização. Penso que ainda vamos falar muito em aeroporto, ou seria divagar muito? É compreensível o esforço do senador Heinze, que como político, deseja mostrar serviço.
  • O convidado especial do “Café de Homens” deste sábado dia 19, na Comunidade Evangélica (IECLB) é o secretário municipal de meio ambiente Jacson Muller. O homem é verdadeiro e gosta de polemizar. Tem história. O encontro começa às 8h e é aberto.

 

“Crescer custa, demora, esfola, mas compensa. É uma vitória secreta, sem testemunhas. O adversário somos nós mesmos”.

Martha Medeiros

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido