InícioNotíciasPolíticaPrefeitura de Caxias tem autorização para contrair empréstimo

Prefeitura de Caxias tem autorização para contrair empréstimo

Tempo de leitura: < 1 minuto

Mais uma vez, sessão do Legislativo foi realizada por meio virtual (Foto Denerlei Antonioli, Divulgação)

Em três sessões extraordinárias, na manhã de terça-feira, 7, o Legislativo caxiense autorizou o município a contratar operação de crédito, de até R$ 12,1 milhões para ampliar a área de disposição de resíduos junto à Central de Tratamento de Resíduos (CTR) Rincão das Flores, no distrito de Vila Seca. Agora, os textos serão encaminhados para a sanção do prefeito Flavio Cassina. Após concluídas as obras, a Prefeitura estima economia anual de quase R$ 9 milhões.

Pela segunda vez, como já havia acontecido na sessão do dia 24 de março, os vereadores discutiram e votaram em sistema remoto, com verificação de autenticidade e checagem de identidade. Presencialmente, estavam apenas o presidente Ricardo Daneluz e a secretária Tatiane Frizzo, e servidores da Casa, em atendimento às precauções do novo coronavírus.

O vereador Gustavo Toigo/PDT atentou que a expansão da CTR Rincão das Flores evitará o encarecimento no manejo dos resíduos finais, sem precisar enviá-los a Minas do Leão. O pedetista informou que o volume médio diário do material descartado, em Caxias, é de 460 toneladas. Salientou que a intervenção, no aterro, poderá garantir 10 anos de armazenamento.

Edson da Rosa/PP considerou acertada a gestão municipal do lixo, alertando que a terceirização duplicaria gastos e inviabilizaria o serviço. Para Adiló Didomenico/PSDB, trata-se de oportunidade de expandir a atuação da Companhia de Desenvolvimento de Caxias do Sul (Codeca) e a capacidade local de resíduos.

Já a vereadora Paula Ioris/PSDB ponderou para alternativas. Enfatizou que, atualmente, funciona um consórcio de 16 municípios da Serra, voltado a buscar parcerias público-privadas que convertam o lixo em energia. A tucana sugeriu que Caxias se integre ao grupo regional. De acordo com Alberto Meneguzzi/PSB, as matérias estão reparando um erro da administração passada, a qual classificou como incompetente. Além de entender como necessária a intervenção no Rincão das Flores, o socialista pediu a retomada do apoio às cooperativas de recicladores.

Segundo o vereador Felipe Gremelmaier/MDB, é fundamental que a cadeia local do lixo continue pertencendo a Caxias. O também emedebista Paulo Périco apontou ser urgente a recuperação do aterro a fim de suprir lacuna deixada pelo governo passado.

Por resolução de mesa, até o dia 15 de abril, as sessões ordinárias serão realizadas às terças e quintas-feiras, às 9h30, e só com o espaço da ordem do dia. A medida contém procedimentos relacionados à Covid-19, em conformidade com decreto municipal.

Conteúdo relacionado

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido