InícioNotíciasGeralCinema de Verão exibe Tempos Modernos

Cinema de Verão exibe Tempos Modernos

Tempo de leitura: < 1 minuto

Filme de Charlie Chaplin foi produzido em 1936 (Foto Reprodução)

Um dos propósitos do projeto Cinema de Verão é dar visibilidade ao patrimônio histórico material de Caxias do Sul, propondo a ocupação do espaço público pela arte. Pensando nisso, eventualmente ocorrerão exibições de cinema que dialoguem com esses espaços.

Desta forma, a próxima provocação ao olhar será com a exibição, gratuita e ao ar livre, de um dos grandes clássicos de Charles Chaplin. O título escolhido, Tempos Modernos, conversa diretamente com a história do Complexo Cultural Fabbrica, que será cenário desta exibição no sábado, dia 7, às 20h. A iniciativa é da Varsóvia Educação e Cultura e Fabbrica (Rua Nelson Dimas de Oliveira, 11 – Bairro de Lourdes).

O complexo, reconstruído em 1942 após um incêndio que reduziu o prédio as cinzas, já abrigou vinícola, vidraria, fundição e curtume. Após 70 anos, em meio a ruínas e construções agregadas, emerge uma riqueza arquitetônica e urbanística em Caxias do Sul, carregada de memória.

O filme retrata a vida de um operário de uma linha de montagem, que testou uma "máquina revolucionária" para evitar a hora do almoço e foi levado à loucura pela "monotonia frenética" do seu trabalho. Após longo período em um sanatório, fica curado de sua crise nervosa, mas desempregado.

Ele deixa o hospital para começar sua nova vida, mas encontra uma crise generalizada e, equivocadamente, é preso como um agitador comunista, que liderava uma marcha de operários em protesto. Simultaneamente, uma jovem rouba comida para salvar suas irmãs famintas, que ainda são bem garotas. Elas não têm mãe e o pai delas está desempregado, mas o pior ainda está por vir, pois ele é morto em um conflito. A lei vai cuidar das órfãs, mas enquanto as menores são levadas a jovem consegue escapar.

 

CINEMA

MARTIN EDEN

A Sala de Cinema Ulysses Geremia, no Centro de Cultura, exige até domingo, dia 8, o filme "Martin Eden", baseado no livro homônimo de Jack London. O longa conta a história de um jovem escritor de baixa renda que entra em conflito com a burguesia. Os ingressos custam R$ 10 e R$ 5 (meia-entrada para estudantes, beneficiários ID Jovem, idosos e servidores municipais). O drama tem classificação indicativa de 14 anos. As sessões têm início às 19h30.

 

EXPOSIÇÕES

SER.EU

Com trabalhos da artista Lisi Wendel, a exposição está aberta à visitação pública até 29 de março, no Centro de Cultura Ordovás. Com curadoria de Ana Zavadil, a mostra representa o âmago do indivíduo em diferentes tamanhos e técnicas. As obras se apresentam de diversas formas. São rostos femininos e masculinos que nascem nas profundezas de seu ser e que simbolizam as essências de Lisi Wendel. A visitação pode ser feita de segunda a sexta, das 9h às 22h; nos sábados, domingos e feriados, das 16 às 22h. No dia 20 de março, às 18h30, a artista conduzirá uma visita guiada à exposição. Agendamentos em [email protected].

EXTREMOS, LATITUDES E LONGITUDES

A Casa da Cultura recebe, até 28 de março, exposição com trabalhos feitos por 10 fotógrafos que enfrentaram temperaturas entre -15 graus e 40 graus, em seis países do mundo, para registrar cenários magníficos. São registros do Alaska, Parque Yosemite (Estados Unidos), Islândia, Pantanal, chapadas Diamantina e Veadeiros, Arizona, Atacama e Torres del Paine (Chile), Salta (Argentina) e Noruega. Foram percorridos mais de 140 mil quilômetros para a captação das imagens. A visitação pode ser feita de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h; e, aos sábados, das 10h às 16h.

ESQUISITA

A coletânea de poemas que formam o livro "Muito Esquisito", de Alexandre Brito e Gustavo Piqueira, é a inspiração para nova exposição do Centro Cultura. Foram selecionados 10 poemas e 10 desenhos que representam a fauna que ilustra o livro. As instalações são 20 lâminas com criaturas raras, seres sui generis, habitantes do universo das histórias feitas de poesia, em que a única semelhança possível entre elas seja a ausência de semelhança. A visitação pode ser feita até 29 de março, de segunda a sexta-feira, das 9h às 22h; nos finais de semana e feriados, das 16h às 22h.

FOTOBIOGRAFIA

Foto Nicole Mottin, Divulgação

Com curadoria de Nicolle Mottin e Valeria Lolas e assessoria cultural de Cali Troian, a exposição ocupa instalações da Praça de Eventos do Prataviera Shopping, até 28 de março, com visitação liberada de segunda a sábado, das 9h às 21h. A fotobiógrafa Nicolle Mottin explica que o projeto é uma atividade que ajuda as mulheres a encontrarem suas melhores versões por meio do autoconhecimento e contribui para uma transformação positiva, refletindo nas fotos por meio do brilho nos olhos e da espontaneidade do sorriso.

 

MÚSICA

ELAS

Para celebrar o Dia Internacional da Mulher, comemorado em 8 de março, as cantoras Loma Pereira e Tatiéli Bueno apresentam um show especial. Com histórico e referência na música do Rio Grande do Sul, latino americana e brasileira, elas se unem para cantar as mulheres, trazendo um repertório seleto, com canções que tratam não só a figura feminina, mas também das suas lutas, verdades e resiliência. No show, elas serão acompanhadas por Éder Bergozza (piano), Tiago Andreola (contrabaixo), Mateus Mussatto (bateria) e André Viegas (guitarra e violão. A apresentação será no sábado, 7 de março, a partir de 20h, no Sesc Caxias do Sul (Rua Moreira César, 2462). Os ingressos custam R$ 20 para o público em geral e R$ 10 para comerciários, empresários, estudantes, classe artística e idosos.

SHOW DE ROCK

A banda Passo Incerto estará à frente do Ordovás Sunset, no domingo, dia 8 de março. Junto ao Centro de Cultura, o grupo apresentará repertório composto de uma seleção de rock nacional e internacional, além de músicas autorais. A banda é formada por Chico Mellodia (vocais), Giovanni Boscatto (guitarra), Pedro Henrique Sartor (bateria), Leandro Schwarz (guitarra) e César Lemos (baixo).

 

TEATRO

VIVITA, A NOIVA DO SOL

O Grupo Ueba volta a apresentar o espetáculo e vivência teatral "Vivita – A Noiva do Sol", no Moinho da Cascata (Rua Henrique Riboldi, 31). A atividade será na sexta e no sábado, dias 6 e 7 de março, às 20h. Os ingressos são limitados e custam R$ 30. Mais informações pelos telefones (54) 9 8118.5150 e 9 9698.4877.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido