InícioColunistasLivre IniciativaHotel abre 30 empregos diretos

Hotel abre 30 empregos diretos

Tempo de leitura: < 1 minuto

Desativado desde o início do ano, o hotel Axten voltou a operar, em Caxias do Sul, em setembro. Agora sob bandeira Travel Inn, o estabelecimento iniciou atividades com 30 novos empregos diretos e 240 indiretos, dos quais 50 voltados à gastronomia. De acordo com o presidente da rede, Manuel Gama, a proposta de administração pela nova bandeira foi aceita porque a Travel Inn já havia demonstrado interesse em entrar no mercado gaúcho e entendeu como oportunidade a oferta feita. “Como tínhamos a infraestrutura de um hotel excelente, os investimentos ocorreram na parte decorativa e na manutenção gradual dos ambientes”, afirma. O hotel dispões de 204 apartamentos para acomodar até três pessoas, unidades adaptadas para portadores de necessidades especiais, minibar e serviço diário de arrumação. O ticket médio, com café da manhã incluso, é de R$ 190 por noite. A Prefeitura também autorizou a construção de passarela que liga o empreendimento ao Shopping Iguatemi para facilitar o trânsito dos hóspedes e colaborar com o comércio local. Gama acrescenta que o Travel Inn Caxias do Sul é a porta de entrada no estado para outros hotéis que carregam a bandeira da rede. “Temos estudado a Serra Gaúcha com planos de expansão para outras cidades como Flores da Cunha e Antônio Prado”, antecipa.

DESTAQUES NA REPARAÇÃO

Apontadas pelos associados do Sindicato da Indústria de Reparação de Veículos de São Paulo entre as melhores nas linhas de discos e pastilhas de freio, as marcas Fremax e Fras-le, controladas das Empresas Randon, de Caxias do Sil, foram agraciadas na 11ª edição do Prêmio Sindirepa-SP. Pelo segundo ano consecutivo, a Fremax recebeu a distinção ouro na categoria Melhor Disco de Freio. Já a Fras-le recebeu o selo bronze na categoria Melhor Pastilha de Freio. A premiação contemplou as marcas vencedoras em 18 categorias de produtos e serviços, segundo a pesquisa realizada pela Central de Inteligência Automotiva, envolvendo 259 reparadores do Estado de São Paulo.

MAIS GÁS PARA A SERRA

A Sulgás está realizando levantamento de demanda potencial de gás natural no setor industrial de Porto Alegre e Caxias do Sul. Uma equipe da estatal contata estabelecimentos industriais das duas cidades para verificar o consumo atual de energia, identificando a utilização de combustíveis como GLP (Gás Liquefeito de Petróleo), óleo combustível, óleo diesel e suas respectivas aplicações. De acordo com o diretor-presidente da Sulgás, Carlos de Camargo de Colón, as informações solicitadas estão alinhadas com ações do governo para determinação de consumo potencial de gás natural no estado e as alternativas de suprimento.

CERTIFICAÇÃO POR AÇÃO SUSTENTÁVEL

A Fröhlich, distribuidora atacadista gaúcha com sede em Ivoti, recebeu o certificado de Parceiro do Meio Ambiente 2019 da Plastiweber, empresa especializada na produção de embalagens plásticas 100% recicladas e recicláveis. O reconhecimento é fruto do uso de mais de 48 toneladas de plástico reciclado pela Fröhlich ao longo do último ano. Processada pela Plastiweber, a matéria-prima serviu para produzir os fardos de produtos das marcas próprias da Fröhlich utilizados durante o transporte até os pontos de venda em todo o Estado. Sob a tutela do selo “Consciência Sustentável Fröhlich”, a empresa promove a economia circular, que busca a redução, reutilização, recuperação e reciclagem de materiais e energia e também realiza diversas iniciativas sustentáveis que buscam minimizar os impactos no meio ambiente.

PARCERIA JURÍDICA

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), sancionada no dia 17 de setembro, provocou uma série de dúvidas no setor empresarial. Com o intuito de sanar esses questionamentos e promover a condução correta da implementação da lei nas empresas, a Balen Advocacia, de Caxias do Sul, se associou ao consultor especialista em segurança de dados e sistemas, Fernando Marinho, que há duas décadas atua na área. O trabalho realizado por Marinho será complementar ao já promovido no núcleo de Direito Empresarial da Balen, comandado pelo advogado Alexandre Neves Atti, porém, com foco na implementação da LGPD nas empresas. “Esta é uma demanda muito recente a que pouquíssimas empresas já se adequaram ou ao menos iniciaram a adequação”, sinaliza Atti. A LGPD estabelece uma série de medidas para garantir mais segurança e transparência às informações pessoais coletadas por empresas públicas e privadas a fim de evitar o vazamento de dados. A expectativa é que a LGPD funcione como uma habilitação de mercado, com as empresas se adequando às conformidades, negociando, contratando e se relacionando com outras instituições também adequadas à lei.

CRESCE DEMANDA POR AULAS PARTICULARES 

FOTO DIEGO FERREIRA, DIVULGAÇÃO

A empreendedora e pedagoga Lúcia Sgorla, proprietária do Na Ponta do Lápis – Espaço da Criança, empresa caxiense especializada no atendimento do turno inverso à escola, viu crescer a demanda por aulas particulares. “Mesmo os colégios dando continuidade às atividades de forma remota, muitos pais estão recorrendo às aulas individuais para ajudar os filhos a fazerem as lições, acompanharem o cronograma escolar e estimular o gosto pelo estudo. Muitos dos que procuram o serviço relatam que os filhos não querem mais acompanhar as aulas online e não gostam de fazer as tarefas sozinhos ou com familiares”, esclarece. ​A empresa conta com três educadoras que se dedicam a aulas particulares para crianças da educação infantil e fundamental. A maior procura é por pais que estão com filhos no período da alfabetização, dos quatro aos oito anos. ​Com mais de 20 anos de atuação na pedagogia, Lúcia acredita que a demanda por esse modelo tende a aumentar ainda mais. Entende que, em 2021, quando as aulas voltarem a ser presenciais, muitas crianças podem apresentar lacunas na aprendizagem e acompanhamento dos conteúdos pedagógico.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido