InícioColunistasPrimeira venda para Gana

Primeira venda para Gana

Tempo de leitura: < 1 minuto

Em setembro, a Marcopolo fará a entrega do primeiro ônibus Paradiso New G7 1600 LD para operação em Gana. O veículo foi adquirido pelo governo daquele país e será utilizado no transporte de membros do parlamento, na capital Accra. O veículo é montado sobre chassi Scania K 360B 6×2, com 14 metros de comprimento e capacidade para transportar 46 passageiros sentados. Entre os diferenciais estão as soluções Marcopolo BioSafe, com sanitário com luz ultravioleta UV-C para desinfecção e dispensers de álcool em gel na escada de entrada e junto ao sanitário. Ainda é equipado com cozinha completa, forno aquecedor de alimentos, máquina de café e geladeira de 55 litros. 

EM NOVO FORMATO

Na tentativa de diminuir as perdas em função da pandemia do coronavírus, um grupo de artistas que faz parte dos expositores do Le Marché Chic e que depende primordialmente de eventos presenciais para gerar renda, uniu-se em uma experiência colaborativa de venda. A Boutique Ephémère funcionará com o conceito de loja temporária para contribuir com a sobrevivência de marcas autorais de moda, arte e design, que foram prejudicadas com o cancelamento de eventos do segmento. A proposta estreia nesta terça-feira (1º) e segue aberta até o dia 26 de setembro, com 20 criadores do feito à mão, sempre das 11h às 18h, no Pátio Eberle, no centro de Caxias do Sul. A entrada do público será controlada para evitar aglomerações, mantendo o distanciamento social seguro, além do uso obrigatório de máscaras. A loja contará com um braço online, por meio do aplicativo Le Marché Chic, que estará disponível 24 horas para compras. Durante o mês, o instagram @lemarchechic produzirá lives com os artistas/artesãos, promovendo a experiência com vendas diretas pela plataforma e pelo WhatsApp de cada marca. Será também possível realizar as compras nos formatos delivery e drive-thru.

CRIAÇÃO DE EMPRESAS VOLTAR CRESCER

O Indicador de Nascimento de Empresas da Serasa Experian revela a abertura de 219.749 mil empresas no Brasil, em maio, incremento de 12,8% sobre abril. O número é o segundo pior do ano, somente atrás de abril, que teve 194.882 aberturas. Segundo o economista da Serasa Experian, Luiz Rabi, o crescimento reflete a necessidade das pessoas em manter uma fonte de rendimento, além das oportunidades que surgem em momentos difíceis. “Quem perdeu o emprego neste cenário desafiador está buscando se reinventar. A abertura de novas empresas tem sido uma alternativa à manutenção da renda”, avalia Rabi. Os microempreendedores individuais (MEIs) responderam pela criação de 172.307 empresas, equivalente a 78,4% do total. Para Rabi, a tendência de crescimento deve se manter por algum tempo. “Como a oferta de emprego continua baixa, as pessoas recorrem ao empreendedorismo por necessidade”, ressalta.

CERTIFICADA PELA PETROBRAS

A Soprano, de Farroupilha, conquistou certificação que a inscreve no Cadastro de Fornecedores de Bens e Serviços da Petrobras. A inscrição não importa em obrigação da Petrobras em contratar produtos e serviços da Soprano, mas a torna apta aos procedimentos licitatórios pertinentes. Os produtos certificados estão diretamente ligados à unidade de materiais elétricos. É a primeira vez que a Soprano conquista certificação da estatal, oportunidade que a aproxima ainda mais dos processos de licitações governamentais.

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL EM DEBATE

O Centro Universitário da Serra Gaúcha (FSG) realiza na quarta (2), das 17h às 19h, um webinar com o tema Direito, Inteligência Artificial e Propriedade Intelectual: Desafios e Soluções. O encontro virtual tem como convidados os advogados Adriano Tacca e Milton Lucídio Leão Barcellos, com mediação do coordenador do curso de Direito da FSG, Fábio Vanin. A conferência poderá ser acessada pela plataforma Teams por meio do link
https://ca.bbcollab.com/guest/de4fba2b45044c2b88aec045c4a78626.

CONTRIBUIÇÃO ÀS COMUNIDADES

Para marcar seus 110 anos de fundação, a Vinícola Salton, de Bento Gonçalves, desenvolveu um projeto social para contribuir com as comunidades de quatro municípios onde está presente com filiais. Trata-se do Legado Social, proposta que ocorreu durante o mês de agosto, com meta de arrecadar R$ 200 mil. A verba será revertida para entidades e instituições situadas em Bento Gonçalves e Santana do Livramento (RS) e São Paulo e Jundiaí (SP). “Por meio do projeto, pretendemos atingir diferentes áreas de vulnerabilidade e gerar impacto positivo no dia a dia destas cidades”, argumentou o diretor-presidente Maurício Salton.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido