Início Exclusivo Assinantes Treinos presenciais e online, a logística da ATLF para as competições estaduais

Treinos presenciais e online, a logística da ATLF para as competições estaduais

Tempo de leitura: < 1 minuto

Clube confirmou participação no Estadual de Futsal nas categorias sub-15,sub-17 e sub-20

REGIÃO – O que parecia praticamente impossível até dias atrás está na eminência de se tornar realidade que é ver ainda neste restante de 2020 a bola voltar a rolar na região. E esta previsão foi dada pela Federação Gaúcha de Futebol de Salão (FGFS) para o dia 10 de outubro iniciar as competições estaduais de categorias de base e a Associação Toque de Letra de Futsal (ATLF) confirmou participação em três categorias.

Além do sub-15 que vai tentar o segundo título, o clube anunciou que as categorias sub-17 e sub-20 vão participar e a FGFS divulgou o regulamento e a ATLF já conhece praticamente todos seus adversários.

Pelo sub-15, serão seis equipes divididas em dois grupos com três cada, se enfrentando dentro das chaves em jogos de ida e volta, classificando os dois melhores colocados, onde realizam a semifinal em duas partidas e o mesmo número na decisão do título. Nesta chave, os adversários do Toque de Letra serão Aleefa (São Leopoldo) e Craquinho (Camaquã).

O mesmo regulamento e números de equipes será no sub-17, onde a ATLF enfrentará o Craquinho (Camaquã) e Bento Futsal (Bento Gonçalves). Já no sub-20, oito equipes confirmaram participação e no grupo da ATLF, falta a confirmação de uma equipe, sendo que os demais adversários são AGE (Guaporé) e Atlântico (Erechim). Nesta categoria, classificam-se os dois melhores de cada chave onde a semifinal será em partida única e somente a final com jogos de ida e volta.

Momento desafiador

No ano passado, o desafio foi gigante para ATLF que pela primeira vez participou de uma competição estadual e a categoria sub-15 participou diante de gigantes do Rio Grande do Sul e com objetivos de pontuar a cada jogo, findando no dia 14 de dezembro de 2019, quando em Santa Maria conquistou o título gaúcho vencendo o União Independente por 2 a 0.

Com a pandemia, os obstáculos por obviedade serão maiores e para o Toque de Letra dois ingredientes a mais, pois o clube confirmou, além dos atuais campeões, a participação no sub-17 e sub-20.

Na quarta-feira (16) no programa Redação Esportes na Rádio Integração Digital, o técnico Léo Frazão e o auxiliar e preparador de goleiros, Luiz André, o Dé, falaram sobre esta nova dinâmica de trabalho e o quanto será desafiador. Léo citou que pelo pouco período que terá para treinamento presencial das três categorias, uma logística fora de quadra está montada e sendo colocada em prática para minimizar esta situação.

“Será um desafio enorme, temos uma comissão técnica qualificada, estamos procurando espaços para treinar o quanto antes, as equipes já estão em formação teremos atletas aqui e de outras regiões. Todo no clube tem dado sua contribuição, temos a parte física, fisiologia, técnica, estrutural e administrativa, além do serviço de nutrição. Vamos otimizar o tempo, muitas informações aos atletas estamos enviando por meio online, procurar que possamos ganhar minutos e conseguir montar equipes com condições de competir”, destacou.

Dé foi concomitante ao que disse Léo. Além de auxiliar na parte técnica, ele é responsável por treinar os goleiros, sendo que algumas atividades já foram repassadas e para encurtar o tempo, os arqueiros da sub-15, sub-17 e sub-20 devem treinar juntos em horários específicos aos demais jogadores.

“Temos esta dificuldade pela questão do pouco tempo de trabalho, mas estamos utilizando as formas online e todos estão imbuídos no projeto. Os goleiros já estamos alinhando para trabalhar juntos nas três categorias, com intensidade diferente, respeitando a idade e condições físicas de cada um. Temos vídeos e materiais que podem ser utilizados em casa e otimizar o tempo”, descreveu.

Responsabilidade e adversários

Movido a desafios. Este lema, nesta temporada atípica será seguida a risca, conforme mencionou na entrevista, Léo Frazão. O comandante técnico mencionou que o clube participar de mais uma competição estadual, que além do sub15, mais duas equipes será uma mostra que todos não se acomodaram com a conquista do titulo no ano passado e que novos desafios devem sempre estar incutidos na agremiação.

“Poderíamos não competir neste ano pelo curto espaço de tempo e ficar acomodado com o título, mas somos movidos por desafios sabemos que será complicado por logística, mas vamos aprender evoluindo como profissionais e seres humanos e sair da zona de conforto. Temos que estar sempre nos aperfeiçoando e só seremos grandes se estiver no meio destes, independente do que acontecer nestas competições vamos fazer o melhor, podem ter certeza, sair melhores do que entramos”, enfatizou.

Os adversários foram avaliados por Dé que descreveu como todos, sendo de alto nível, mas que confia em todos os atletas do grupo e ressaltando sempre o respeito com todos os competidores.

“As equipes que estão em uma competição estadual são de nível altíssimo, fizemos um trabalho muito bom ano passado e com a estrutura que temos, podemos competir em igualdade, mesmo que muitos clubes já iniciaram as atividades. Temos que nos adaptar e preparar da melhor forma possível e se todos comprarem a ideia vamos competir igual contra todos, mantendo humildade, não é soberba e sim confiança”, finalizou.

Texto e foto: Tiago Manique/JIH

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido