Você atingiu a métrica limite de leitura de artigos

Identifique-se para ganhar mais 1 artigos por mês!

Já sou assinante!

InícioColunistasDireto da RedaçãoPorque a gasolina é tão cara?

Porque a gasolina é tão cara?

Tempo de leitura: < 1 minuto

Bolsonaro decretou que os postos de gasolina coloquem a tabelinha dos componentes geradores do custo do combustível. Em 30 dias, os cartazes deverão aparecer. Particularmente, acho ótimo isso. Veremos o que faz encarecer tanto. 

Integração só quando interessa

Chama atenção que os dois municípios não tenham tomado decisão semelhante em relação à bandeira e regras de distanciamento. Gramado segue com o comércio aberto, enquanto Canela fechou tudo, mantendo só os serviços essenciais. Como diz o slogan do Jornal Integração: Canela e Gramado, um só lugar, um só jornal. Um só lugar, assim também deveria ser em muitas outras questões, mas de forma muito especial no distanciamento social, no combate ao Coronavírus. Neste caso, porém, ainda que os dois municípios enfrentam situação muito semelhante quanto ao número de casos, de internações e de ocupação da estrutura de saúde, os procedimentos adotados são muito distintos. União para um roçada de margem de estrada não faz nenhuma diferença, já numa circunstância dessas seria crucial. Tanto para o objetivo fim, que é controlar o vírus, quanto economicamente. E, do jeito que está, Canela só perde. Agora, além dos seus cidadãos trabalharem em Gramado (mais de seis mil canelenses trabalham em Gramado), estão sujeitos a fazerem suas compras neste município. O lojista canelense é que vai pagar esta conta, sendo obrigado a honrar seus compromissos de portas fechadas e ainda por cima vendo seus clientes migrarem… 

O custo da saúde

Em entrevista à Rádio Gaúcha, terça-feira à noite, o prefeito Constantino voltou a destacar o alto custo para a saúde e demonstrou preocupação especial ao momento que enfrentamos em relação ao Coronavírus.

Nenhum recurso

Constantino também disse nessa entrevista que neste ano o Governo Federal ainda não enviou nenhum recurso especial para enfrentar a pandemia.

Lotação

A estrutura física de saúde está com ocupação máxima, e não é só em Canela. Porém, ampliar não basta, pois a ocupação profissional é ainda mais alta. Não há profissionais para atender tanta gente. E, como sabemos, o profissional da saúde é vocacionado. Você não vai encontrar pessoas para fazer bico, extra ou trabalho temporário neste setor.

Chocolate

Olha, a pandemia iniciou quando os chocolateiros estavam com o barraco montado para a Páscoa de 2020. Foi uma tristeza só. Demissões, atraso com os fornecedores, um desequilíbrio total. Se acontecer de novo, tem mais um agravante: os empréstimos para a folha, na época, começam a ser debitados. Eu conversei com alguns destes empresários esta semana e pude perceber a angústia deles. Todos reforçaram as equipes contratando muitos trabalhadores, chegando praticamente aos patamares de antes da pandemia iniciada em março de 2020 e agora estão apreensivos.

Segunda safra consecutiva

“Fiz a roça, a safra não sei”, exemplificou Valdir Cardoso, da Florybal, lembrando que a safra em jogo agora já seria a segunda consecutiva totalmente perdida. Cardoso contratou muitos operários e está produzindo para a Páscoa. Como sempre, se mostra otimista e daqueles que não desistem nunca, mas alerta que é preciso seguir com as atividades mesmo que respeitando as regras de distanciamento. “Não podemos parar. Cada semana, cada dia, se perde uma fatia. Mas não podemos desanimar”, salientou.

“Foi um terror”

Essa foi a expressão do Maurício Brock, diretor da Prawer, descrevendo o anos 2020. Mas ele também encontrou formas de superar e está projetando um crescimento de 15% em relação ao que estava projetado para a Páscoa de 2020, mas que pelo fim não se concretizou. “Buscamos colocação no mercado nacional fora para não dependermos somente de Gramado”, explicou. Quanto à nova onda da pandemia, se mostrou muito preocupado, pois a cada dia que passa a situação fica mais crítica. “Tenho programação para entregar semana que vem, mas não sei se carrego ou não carrego [o caminhão]. A gente não sabe o que vai acontecer amanhã!”, comentou.

Lugano aposta em franquias

“Estamos com tudo produzido e com as franquias abastecidas até abril, mas se acontecer de novo, daí fica complicado, duas Páscoas seguidas é difícil [superar]”, explica Guilherme Luz. A aposta da marca é nas franquias. Entre próprias e terceirizadas, já são 43 funcionando e mais 37 prontas, que estarão abertas até julho, atingindo 23 estados e o Distrito Federal, 20 capitais e 49 cidades. Só um mesmo grupo empresarial do Maranhão abriu sete lojas da marca. Em 2020, devido à pandemia, o montante não passou de 200 toneladas. Mas para 2021, a projeção é de atingir a marca de 422.750 kg na produção de chocolate premium. E agora a empresa gramadense se prepara para ultrapassar a fronteira brasileira, pois desenvolveu linhas específicas para o paladar norte-americano.

Dívida ativa

O vereador Jerônimo Terra Rolim tem uma ‘dúvida ativa’ e fez um pedido, aprovado pelos vereadores na sessão de segunda-feira, para saber quem são os maiores devedores de IPTU em Canela. Quem são? Assim que sair a lista veremos.

Incoerência

O deputado federal Daniel Silveira foi preso em flagrante após publicar um vídeo com a sua opinião sobre o STF. Já a deputada Flordelis, um ano após matar o marido, está livre e só foi afastada do cargo esta semana.

Vacinação

Não se deve dar ouvidos as falácias sobre o ritmo da vacinação do Brasil.  Independentemente de tudo, estamos na mesma velocidade da maioria dos países. O que precisamos é paciência e humildade para reconhecer que não somos especiais, mas, sim, iguais a todos os seres humanos do planeta. Saibamos e levemos em conta que outros, em países autoritários, como China e Rússia, fabricam e veem sua produção sendo exportada, inclusive para nós aqui no Brasil, e não podem ficar com as doses para eles. E não tem o direito nem de reclamar. Imaginem se fosse o contrário: nós fabricando e exportando antes de sermos vacinados… Enquanto isso, o Congresso faz projeto para liberar estados e municípios a adquirem vacinas que nem existem. A Assembleia do RS também aprovou projeto de lei neste sentido esta semana e até alguns municípios ficam dizendo que irão comprar doses.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido