Início Colunistas Limite de gastos na eleição

Limite de gastos na eleição

Tempo de leitura: < 1 minuto

Na semana passada, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou os limites de gastos que os candidatos aos cargos de prefeito e vereador deverão respeitar, em suas respectivas campanhas, para concorrer nas eleições municipais de 2020.

Quem desrespeitar os limites de gastos fixados para cada campanha pagará multa no valor equivalente a 100% da quantia que ultrapassar o teto fixado, sem prejuízo da apuração da prática de eventual abuso do poder econômico.

Em Canela o limite de gastos é de R$ 123.077,42 para os candidatos a prefeito e R$ 51.115,78 para os candidatos a vereador.

Em Gramado o limite é R$ 446.796,37 para prefeito e R$ 39.108,15 para vereador.

Em Nova Petrópolis é de R$ 123.077,42 para prefeito e R$ 12.307,75 para vereador.

Em São Francisco de Paula é R$ 218.144,70 para prefeito e R$ 22.643,47 para vereador.

Segundo a Lei das Eleições (artigo 18-C), o limite de gastos das campanhas dos candidatos a prefeito e a vereador, no respectivo município, deve equivaler ao limite para os respectivos cargos nas Eleições de 2016, atualizado pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Continuidade

Nesta semana, durante encontro virtual, Constantino Orsolin e Gilberto Cezar reiteraram suas intenções de manter a coligação em mais uma eleição. O PSDB aguardava essa decisão para definir seu futuro e ficou contente com a manutenção. Claro, ainda é necessário reunir o diretório para referendar a coligação. Ambos fazem suas convenções amanhã.

Candidatura única

Seria bonito, marcante e histórico para Canela, mas trágico para a democracia e desrespeitoso com a parcela que desaprova o governo. A gestão está bem avaliada, é verdade, mas não é unanimidade. Ninguém é. Por isso que a tal candidatura única tão almejada especialmente pelo presidente do MDB, Vilmar Santos, não irá acontecer.

Esta é uma afirmação da coluna, repito: não vai ocorrer. E não é por causa do PDT que é quem se mostrou interessado em concorrer, na política tudo é possível, o PDT pode até abrir mão de concorrer e se juntar ao MDB em troca de uma ou duas Secretarias. É difícil, mas se por ventura ocorrer, já tem partido de olho nisso para lançar candidato.

Todos de olho no PP

O Progressistas em Canela parece aquela guria linda e solteira sendo cobiçada por todos que estão no baile. Ser desejado(a) eleva o ego. Mas o que todos querem de fato saber é quem o PP vai apoiar nessa eleição. As portas do MDB e do PDT estão abertas e como já dissemos aqui o PDT oferece até o cargo de vice, o MDB não (talvez uma Secretaria).

Já houve conversação com ambos os lados, propostas na mesa e tudo o mais. Nos últimos 16 anos o confronto frente a frente foi entre MDB e PP, o PDT desde o fim do terceiro mandato do Vellinho Pinto foi apenas a terceira via. Mas tu já pensou na possibilidade de ver PP e MDB no mesmo palanque? Parece impossível, mas não é.

O PP ainda junta os cacos dos últimos tombos e precisa se reestruturar e esse parece ser o foco. Esse assédio em cima do PP não é algo tão lindo assim não, viu. A realidade é uma sinuca de bico, pois conforme o lado que escolher pode encolher mais e ter mais trabalho para se reerguer depois. O partido não deve ter nominata completa para a disputa a vereador e precisa eleger pelo menos um parlamentar para ter uma atividade política na próxima gestão.

Da parte majoritária, tem quem admite apoio ao MDB, mas grande parte repudia com veemência. Inclusive, a executiva estadual do PP e do PDT já se articularam para ver essa parceria em Canela. De qualquer forma, a decisão ocorre hoje. A Convenção do PP começa às 19h, na Câmara de Vereadores.

PSL confirma apoio a Constantino

Republicanos e PTB já haviam confirmado. Na semana passada, o PSL também externou posicionamento favorável à reeleição de Constantino Orsolin. A confirmação ocorreu durante encontro entre o pré-candidato, o presidente do MDB Vilmar Santos e o presidente do PSL, AlgietoBertusso, o Gringo. “Vamos apoiar o MDB pela união política que este grupo conseguiu realizar em nossa cidade. Além disso, é visível o desenvolvimento de Canela nos últimos anos”, destacou Gringo.

Ordem do Dia

Difícil digerir a Indicação 306 aprovada por unanimidade na sessão legislativa desta semana. A sugestão é para que “seja estudada a possibilidade da construção de um Centro Administrativo Municipal, que englobe no mesmo local todas as secretarias e demais dependências do Poder Executivo”. Quem sugere não se deu conta que estamos no meio de uma pandemia mundial que nos enfiou goela abaixo uma crise econômica sem precedentes e, além do mais, essa sugestão já foi lançada em outros tempos.

Quem sugere também não se deu conta que a arrecadação municipal retrocedeu neste ano. O orçamento previsto para 2020 era R$ 209 milhões e conforme a média mensal deve alcançar R$ 192 milhões. Para o ano que vem a previsão orçamentária é R$ 196 milhões. Enfim, mal tem para a saúde, que dirá para construir um prédio novo para a Prefeitura.

A aprovação por unanimidade é fácil de explicar. Eu acompanho as sessões e te digo, é cada “ideia de Jerico” que assusta. E é por causa das sucessivas ideias sem fundamento que os demais parlamentares, já cansados, acabam fazendo vista grossa e deixam passar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido