Você atingiu a métrica limite de leitura de artigos

Identifique-se para ganhar mais 1 artigos por mês!

Já sou assinante!

InícioExclusivo AssinantesJaneiro e fevereiro têm desempenho positivo na geração de empregos

Janeiro e fevereiro têm desempenho positivo na geração de empregos

Tempo de leitura: < 1 minuto

REGIÃO – As quatro cidades da Região das Hortênsias tiveram um saldo positivo no balanço entre contratações e demissões nos dois primeiros meses deste ano. Foram 4.001 admissões e 3.147 desligamentos, sendo 854 contratações a mais que demissões. Os dados foram divulgados na quinta-feira passada pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério da Economia. Os números referentes a março ainda não foram contabilizados.

GRAMADO é a cidade com maior número de trabalhadores formais e onde há a maior movimentação de vínculos empregatícios. Na soma dos dois primeiros meses deste ano, foram 1.803 novas contratações, ante 1.631 desligamentos, um saldo positivo de +172.

Ainda assim há um déficit de postos de trabalho que ainda não foram reabertos por conta da crise econômica. Em fevereiro do ano passado, antes de iniciar a pandemia, as empresas gramadenses contabilizavam 18.460 empregados com carteira assinada, em fevereiro deste eram 17.533, um saldo negativo de -927.

O setor que permitiu o saldo positivo neste início de ano em Gramado foi a Indústria com 342 admissões e 183 desligamentos (+159). O setor de Serviços foi o que mais contratou (886), mas também foi o que mais demitiu (905), saldo de -19. No Comércio o saldo ficou em +12 e na Construção em +20.

Em CANELA foram admitidas 838 pessoas entre janeiro e fevereiro, enquanto que outras 699 foram demitidas no mesmo período. O saldo do primeiro bimestre ficou positivo em +139 na cidade.

Se comparar fevereiro deste ano com o mesmo mês do ano passado, quando ainda não havia pandemia, percebe-se um déficit de -59. Havia 8.658 empregos formais em fevereiro de 2020 e 8.599 no mesmo mês deste ano.

O setor da Construção registrou o melhor saldo positivo (+54), sendo 104 admissões e 50 demissões. O setor de Serviços teve maior movimentação, com 398 contratações e 362 demissões (+36). A Indústria também ficou com saldo de +36, enquanto que no Comércio o saldo ficou em +15.

Nova Petrópolis registrou o segundo melhor desempenho entre as cidades da região. Foram 614 contratações e 418 demissões em janeiro e fevereiro, o que significa um saldo positivo de +223. No acumulado dos últimos 12 meses, o saldo ainda está negativo. Em fevereiro a cidade fechou com 6.626 vínculos formais de emprego, enquanto que em fevereiro do ano passado eram 6.664. Isso representa um saldo de -38.

Por setor econômico, a Indústria teve o melhor desempenho com 280 admissões e 156 desligamentos (+124), seguido pelo Comércio com saldo de +48, Serviços com +46 e Construção com +6.

São Francisco de Paula é a cidade que menos depende do turismo na região e a que menos sofreu com demissões. Neste começo de ano foram 746 contratações entre janeiro e fevereiro contra 399 desligamentos, um saldo positivo de +347. O melhor desempenho da região. Na soma dos 12 meses de pandemia, São Chico foi a única cidade a abrir mais postos de trabalho. Havia 4.282 pessoas com carteira assinada em fevereiro do ano passado. Neste ano, fechou fevereiro com 4.678, um salso positivo de +396.

Entre os setores econômicos, o destaque serrano é a Agropecuária, que registrou 242 contratações ante 76 demissões, um saldo de +166. Em seguida vem a Indústria que teve um saldo de +104, depois Serviços com +58 e Comércio com +24. A Construção teve o pior desempenho com um saldo de -5.

Texto: Fernando Gusen | [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido