Início Exclusivo Assinantes Desde início da pandemia, agosto é o primeiro mês a registrar mais...

Desde início da pandemia, agosto é o primeiro mês a registrar mais contratações que demissões

Tempo de leitura: < 1 minuto

REGIÃO – Desde o início da pandemia do novo Coronavírus, agosto é o primeiro mês com registros positivos no balanço entre demissões e contratações nas quatro cidades da Região das Hortênsias. Na soma dos quatro municípios ocorreram 151 admissões a mais que desligamentos. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados e foram divulgados pelo Ministério da Economia.

Em agosto, foram 302 contratações e 227 demissões em Canela, o que representa um saldo positivo de 75 empregos formais abertos. Em Gramado foram 402 admissões ante 387 desligamentos, saldo de +15. Em Nova Petrópolis aconteceram 150 contratações e 148 pessoas foram demitidas, saldo de +2. E em São Francisco de Paula, agosto é o terceiro mês consecutivo que registra saldo positivo, foram 173 admissões ante 114 desligados, saldo de +59. Estes índices referem-se especificamente aos vínculos formais de emprego, ou seja, pessoas com carteira de trabalho assinada.

Em março, quando começou a pandemia no Brasil, os índices já ficara negativos. Milhares de pessoas perderam o emprego. Para Canela e Gramado, que têm suas economias muito dependentes do turismo, o mês de abril foi avassalador com mais de duas mil demissões somente em Gramado. Maio também foi crítico. A partir de junho percebeu-se uma diminuição gradativa no saldo negativo e agosto fechou com saldo positivo.

Mais contratações que demissões é um alento para a economia, mas ainda assim o cenário de desemprego segue preocupante. No balanço do ano todo (de janeiro a agosto) as quatro cidades juntas fecharam 4.309 postos formais de trabalho (no total foram 8.772 contratações e 13.081 demissões).

SALDO DO ANO – No dia 1º de janeiro, Gramado estava com 17.847 carteiras assinadas e chegou ao fim de agosto com 14.614, o que significa um saldo negativo de -3.233. Canela começou o ano com 8.511 empregos registrados e findou agosto com 7.755 (-756). Nova Petrópolis tinha 6.339 empregos em janeiro e fechou agosto com 5.930 (-409).

E São Francisco de Paula foi a única cidade da região que conseguiu contratar mais que demitir no somatório dos oito meses deste ano. Havia 3.808 carteiras assinadas em janeiro e chegou a agosto com 3.897, um acréscimo de 89 novos empregos formais criados.

SETORES – Em Canela os setores que mais influenciaram o desempenho positivo foram o de Comércio e Serviços com a geração de 20 e 34 novas vagas de trabalho, respectivamente. Em Gramado, os dois principais setores que contrataram mais que demitiram foram Construção Civil e Indústria com 38 e 36 postos abertos, respectivamente.

Em Nova Petrópolis, quem mais influenciou a retomada foram os setores de Comércio e Agricultura com saldo de 25 e 6, respectivamente. E São Francisco de Paula fechou agosto com saldo positivo em todos os setores, sendo 42 na Indústria, 10 no Comércio, 3 na Construção, 2 em Serviços e 2 na Agricultura. Estes números referem-se ao saldo entre contratações e demissões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido