Início Exclusivo Assinantes Casais representam 57% dos turistas em Gramado

Casais representam 57% dos turistas em Gramado

Tempo de leitura: < 1 minuto

GRAMADO – Pesquisa realizada nas Centrais de Atendimento Turístico revela que 57% das visitas à cidade em 2020 foram realizadas por casais. Visitantes com família representam 36%. Apenas 4% vêm sozinhos e 3% com amigos. Os números foram divulgados pelo ex-presidente da GramadoTur, Rafael Carniel de Almeida, em coletiva de imprensa na segunda-feira (8), data em que deixou o cargo. Rosa Helena Volk, atual secretária de Turismo, assumiu a autarquia na terça-feira (9).

Rafael, que estava no comando da pasta desde 8 de julho de 2020, informou ainda que o fluxo de turistas que vieram ao 35º Natal Luz caiu apenas 5,95% na comparação com o evento anterior (34º). De outubro de 2020 a janeiro deste ano, foram 2.343.041 visitantes. O 34º evento teve 2.397.151 turistas. A variação foi obtida por meio dos dados de pedágios da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR). O investimento total do evento custou em torno de R$ 4,2 milhões, gerou 242 empregos diretos e teve 76% de pagamentos a empresas de Gramado.

Rafael Carniel de Almeida destacou que, em novembro, a GramadoTur entregou aos candidatos à prefeito e ao Conselho de Administração uma proposta de reformulação da estrutura da autarquia. “Compilamos um material com normas. Temos muita legislação conflitante em Gramado que atrapalha a gestão pública do turismo. É preciso reformular as normas das fontes de receitas da autarquia, de ela se responsabilizar pela promoção turística e outras mudanças que ela pode entregar e receber do município”, explicou.

Festival de Cinema

A realização do Festival de Cinema em meio à pandemia foi motivo de orgulho para Rafael. O orçamento aprovado na pré-pandemia era de R$ 4,5 milhões para a realização do evento, porém só foi utilizado 1,5 milhão. Foram captados R$ 738 mil e a autarquia precisou desembolsar R$ 782 mil. Foram R$ 91 milhões de retorno com mídia espontânea em 2020 contra R$ 70 milhões do evento anterior.

“O pedido realizado aos organizadores do festival foi de promoção turística. Todos os programas transmitidos pelo Canal Brasil, do Grupo GloboSat, pelo GloboPlay e pela TVE deveriam incluir imagens de Gramado e informar o que a cidade estava fazendo neste momento de pandemia para que, se o turista não pudesse vir agora, pudesse vir depois. Não poderia acontecer um festival somente por acontecer, ele precisava levar a promoção turística”, relatou o ex-presidente.

De acordo com Rafael, por causa do formato digital, o festival de 2020 teve uma audiência de 2,1 milhões de espectadores. “A edição presencial consegue 800 pessoas, alcançando, na melhor das hipóteses, 8 ou 10 mil pessoas. Podemos dizer que, tendo em vista o número de brasileiros que tiveram contato com o conteúdo do Festival de Cinema de 2020, precisaríamos de mais de 200 edições”, salientou.

Pela primeira vez, o júri popular concordou com o júri técnico nas indicações. “Tivemos recorde de júri popular, mais de 738% de crescimento de votos em relação a 2019. E quase 60% de crescimento no aplicativo do festival. O Brasil inteiro pode conhecer a mensagem do festival e se interessar em vir pessoalmente para uma próxima edição”, comemorou.

Para o ex-presidente, o desafio da autarquia agora é conseguir comportar todo esse novo público nas próximas edições. “É difícil a gente voltar para o tamanho original, uma vez que a gente cativa o público digital. As discussões e debates podem ser estendidos às plataformas virtuais. Mas existem limitações quanto às apresentações dos filmes, que têm de ser estreados em salas de cinema presenciais. Em 2020, conseguimos uma exceção da Secretaria Especial de Cultura. Mas, naturalmente, vai voltar a ser presencial”, explicou.

Rafael Carniel elogiou o desempenho do quadro de funcionários da GramadoTur. “Eu fiz aqui o relatório de resultados da gestão, mas muito se deve a eles. Tenho um agradecimento muito grande, em especial, ao Diego Scariot, diretor de eventos, e ao Léo Possani. Devo muito a eles, devo muito a cada um dos funcionários. Eles se doaram sem restrições, horário, madrugada, finais de semanas, para que as coisas acontecessem. É um orgulho muito grande poder ter colaborado com a comunidade e auxiliado nesse momento em que a gente sabe que se trata de comida na mesa das pessoas”, agradeceu.

Esperança para 2021

O cenário turístico em Gramado para este ano é favorável. É a avaliação do ex-presidente do Conselho de Administração, Jorge Maldaner, que também esteve na coletiva. “Já temos empresas patrocinadoras alocando recursos de patrocínio. Temos a condição de biossegurança mais favorável com a vacina. As pessoas estão tendo mais confiança para viajar. Elas querem ter experiências, encantamento e proporcionar isso às famílias. Temos uma condição muito mais favorável do que a que nós tivemos em 2020 de realizar eventos”, disse.

Para Jorge, o desafio agora é movimentar a autarquia e a cidade para recuperar espaço. “Temos uma cidade de oportunidades e uma gente muito empreendedora. Tenho certeza do sucesso da Rosa Helena enquanto gestora da GramadoTur. E agradeço ao Rafael pela gestão que se encerra agora. O Conselho de Administração tem muita condição de ser o agente estratégico desse movimento”, finalizou.

Jorge Maldaner deixou a presidência do Conselho de Administração da GramadoTur no dia seguinte (9) à prestação de contas. O vice-prefeito Luia Barbacovi assumiu em seu lugar. Leia aqui.

Texto: Gabrielly Pimentel – [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido