InícioNotíciasNovo decreto

Novo decreto

Tempo de leitura: < 1 minuto

Com a publicação do novo decreto municipal pela prefeitura de Gramado, as aulas que deveriam iniciar nesta segunda-feira (22) estão canceladas. Acontece que o governo estadual determina que se não tem aulas presenciais também não tem eventos. Como já noticiamos, a GramadoTur está preparando a Páscoa em Gramado, fazer eventos não é assim em um estalar de dedos. Precisa ter planejamento, patrocinadores, organização, contratação, venda antecipada e assim por diante. Em um primeiro momento, o decreto vale até dia 28 deste mês. E se for prorrogado? Eis a questão.

Prejuízo

Os empresários do ramo chocolateiro já começam a coçar a cabeça de preocupados. As empresas apostam neste período para segurarem as pontas por diversos meses, no ano passado já foi assim, produziram, contrataram  e acabou que o evento de Páscoa foi cancelado às vésperas de começar, restando apenas a decoração. Lembro-me que a cidade parecia abandonada, estava deserta, sem falar no prejuízo que gerou.

Dialógo

Em entrevista concedida a este colunista na rádio do Jornal Integração, os secretários Ubiratã Alves de Oliveira e Jeferson Moschen, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico e Saúde, respectivamente, deixaram claro que o governo não é dono da razão e nem o rei da verdade e que o diálogo tem que prevalecer com as autoridades de todos os seguimentos para se decidir conjuntamente qual caminho seguir. Prova disso foi a reedição do decreto por duas vezes já nesta semana.

Caminhar juntos

Tenho dito que Gramado e Canela tem que caminhar juntos. Pelo menos nas ações de combate à Covid-19, percebo que as duas cidades estão tomando medidas muito parecidas. Existem várias demandas que podem ser discutidas conjuntamente. Uma das que defendo é a de um hospital regional. Quem sabe esta demanda não entra na pauta com mais força de agora em diante? Assim não precisaríamos tanto de Caxias do Sul e outras cidades do RS.

Quem não ajuda, não atrapalha

Li diversas críticas ao decreto publicado nesta semana. Algumas construtivas e outras tentando criar uma sensação de pânico para a população. Na questão das missas e cultos, que foram liberados em 30%, não há nada demais. Afinal de contas aqueles que tem comorbidades, idosos e que estão na área de risco não precisam ir até a igreja. Deixem para quem pode ir. Existem aqueles que sempre acham tudo ruim, querem levar tudo para o lado da política. Enfim, se não podem ajudar, também não atrapalhem.

Até quando?

Uma reclamação antiga dos usuários da ERS-115, no bairro Várzea Grande, é a travessia da via. Ali, vidas já se perderam. A visão para atravessar não é nada boa. Outra questão é o trânsito intenso em horários de pico. Eu mesmo já demorei mais de 5 minutos para atravessar. A pergunta que fica é: até quando a comunidade vai conviver com este perigo? Esperamos que alguém se empenhe para resolver o quanto antes.

Dupla Grenal

O Internacional pode ser campeão brasileiro neste fim de semana. Caso vença o Flamengo no Maracanã, depois de 41 anos, a torcida colorada pode voltar a comemorar o título nacional novamente. Qualquer outro resultado mantém a briga pelo título até a última rodada. Já pelo lado do Grêmio, resta brigar por vaga direta na Libertadores, o que ficou muito difícil com os últimos resultados. Mas o tricolor tem a final da Copa do Brasil contra o Palmeiras. Em caso de ser campeão, a vaga vem direta e não precisará disputar a pré da competição continental. Como bom colorado, vou torcer muito neste domingo e, como nunca discuto por futebol e nunca perdi um amigo por isso, desejo sorte aos co-irmãos tricolores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido