Início Saúde Gramado e Canela Secretaria de Saúde realiza mutirão para reduzir filas de especialidades em Gramado

Secretaria de Saúde realiza mutirão para reduzir filas de especialidades em Gramado

Tempo de leitura: < 1 minuto

GRAMADO – A Secretaria de Saúde realizou no sábado (6), um mutirão para diminuir as filas ligadas ao Sistema Único de Saúde (SUS). Os especialistas realizaram diversos atendimentos ligados à ortopedia. A ação foi realizada no Centro Municipal de Saúde (Postão) e contou com a presença do prefeito Nestor Tissot e do vice-prefeito Luia Barbacovi.

Segundo o secretário de Saúde, Jeferson Moschen, 60 pacientes foram atendidos no primeiro mutirão. “Ficamos muito felizes com a adesão das pessoas. Hoje a fila tem mais de 1.300 pessoas aguardando atendimento, mas os mutirões continuarão até que possamos zerar a fila. Queremos oferecer qualidade e saúde para todos e não iremos nos furtar até que tenhamos atendido todos que aguardam por consultas, exames e cirurgias”, comenta.

O prefeito Nestor comemora os resultados do mutirão promovido pela Secretaria de Saúde. “É justamente isso que esperamos de todos os nossos colaboradores, empenho, dedicação e zelo no trato de nossa população. São gestos pequenos, mas que possuem um grande significado, pois são pessoas que aguardam há meses um atendimento médico. Com muito trabalho vamos muito em breve zeras as filas”, disse Nestor.

Para Ana Lucia Chitto, de 68 anos, que aguarda desde julho atendimento médico, o mutirão possui um grande significado. “Gramado não tinha esse tipo de atendimento. Estava aguardando a consulta com fortes dores no joelho esquerdo. Até tentei fazer alguns tratamentos em casa com massagens e pomadas, mas nada resolvia. Estou muito feliz e surpresa com o atendimento da Secretaria de Saúde e da Prefeitura”, destaca.

Já para Elis Regina Silveira da Luz o mutirão foi uma surpresa. “Fiquei surpresa quando me ligaram dizendo que o Postão estaria aberto para me atender em um sábado. Estava aguardando há um ano a consulta, desde o início do ano passado, mas agora, depois da consulta vou conseguir resolver meus problemas e acabar com essa dor na perna. Percebe-se uma melhora na saúde, quando um posto é aberto no sábado à tarde para atender quem precisa”, revela.

De acordo com o secretário de Saúde, após as consultas realizadas no sábado cada paciente recebeu um diagnóstico que pode ser medicamentoso, terapêutico, cirúrgico, além de sessões de fisioterapia, práticas de atividades físicas, dietas e a perda de peso.  

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido