Você atingiu a métrica limite de leitura de artigos

Identifique-se para ganhar mais 1 artigos por mês!

Já sou assinante!

Trabalhando dá

Tempo de leitura: < 1 minuto

A vacinação avança bem e certamente não precisaremos mais parar as atividades por causa da pandemia. Aliás, na minha visão nunca deveriam ter parado. E, no feriadão, houve muita gritaria de gente achando que estivéssemos aglomerando. Quem sabe fazemos assim, cada um se garante. Cuida de si mesmo para não pegar a doença. O que acham? Isso é como contar que viu alguém na zona. Se viu é porquê estava lá. Se você sabe que o trânsito está lento, é porquê está junto, causando o engarrafamento. E não te esqueça que enquanto você chora e se lamenta tem gente trabalhando, vendendo e vencendo.

Discrepâncias

Nossos parlamentares (senadores e deputados federais) estão lidando para acabar com as superaposentadorias, tipo aquelas que pagam mais do que o teto nacional, que é de R$ 39 mil, alguns chegam a ganhar R$ 200 mil por mês de tantos “direitos adquiridos”. Na reforma administrativa isso tudo deverá ser extinguido na origem. Mas isso decerto vai ficar para quando os parlamentares tiverem tempo, pois no momento é só covid.

Patriotismo

Tipo o presidente da República ganha liquido R$ 23 mil. Que é um baita salário. Mas outros, com bem menos responsabilidades ganham mais do que isso. Não justifica.
Na iniciativa privada também se observa alguns desajustes, mas daí a gente tem que resolver. Exemplo, um treinador de futebol. Alguém entende que o treinador da Seleção Brasileira precisa perceber um milhão por mês? Como brasileiros não deveríamos permitir isso. Ainda que não seja governamental, a seleção nos representa como brasileiros e tem nos envergonhado faz tempo. Primeiro porque escala jogadores dos quais não sabemos nem o nome, já que foram embora ainda crianças, enquanto os verdadeiros brasileiros nunca recebem uma oportunidade. Aliás, o Tite tem sido uma decepção retumbante no quesito patriotismo. Um cidadão nascido e criado aqui pertinho em Caxias do Sul teria nosso apreço especial, mas não faz por merecer.

Estradas

O Governo do Estado anunciou um novo plano de investimento em estradas, no montante de R$ 1,3 bilhão, que contempla o asfaltamento da ERS 373 – Serra Grande a Santa Maria do Herval (matéria nesta edição). Ainda que a previsão de entrega seja para após esta gestão estadual, alimenta a esperança. Quem sabe desta vez sai?

Esperança

Lembro que no governo Yeda (2007/2011), uma comitiva da região foi lá no seu gabinete para a assinatura da ordem de início da obra. Como ela não se reelegeu, o governador seguinte (Tarso Genro) tinha outras prioridades e assim ficou até hoje. O prefeito atual de Gramado é o mesmo da época, Nestor Tissot. E, como sabemos, ele já conseguiu uma emenda parlamentar da bancada gaúcha no Congresso para esta finalidade, então, quem sabe agora vai!

Pedágios

E, como todos sabemos, o Estado está por entregar a EGR à iniciativa privada. O contrato deverá ser de 30 anos. Conforme publicado na edição de sexta passada do seu Integração, os dois municípios já enviaram ao Estado suas demandas para serem inclusas no edital como obrigação ao vencedor do pleito. Pode ser que eu esteja exagerando, mas pensar 30 anos para frente é algo difícil. Por isso tal lista de demandas deve ser muito bem desenvolvida por técnicos e usuários/moradores das margens.

Faltou ousadia

Em que pese os dois municípios através de suas secretarias de Planejamento incluíram a duplicação das rodovias, é preciso muito mais. São 30 anos. Penso que as vias de trânsito rápido, até lá, deverão ser elevadas nos perímetros urbanos, com o fluxo local mantido por baixo, como está hoje. Pedir lombadas eletrônicas, como fez Canela? Tem um item de Canela que diz o seguinte: “Melhor sinalização”. Outro item: “Instalação de paradas de ônibus”. Ora, ora, isso é menos do que nada.
Quanto a Gramado: Rótulas na Várzea, ali tem de fazer elevada, nada menos do que isso. Faz-se as rótulas agora, por três anos, a custo irrisório e depois as elevadas.

Demais rodovias

O pedágio vinha assumindo contas que não são suas, encarecendo o pedágio. Exemplo, a Brita Rodovias e agora a EGR, estão encarregadas de preservar a ERS-020, de São Chico a Taquara (40 KM). Aí eu que vou de Gramado a Nova tenho que pagar pelos madeireiros de lá que carregam 50, 60 toneladas (o limite é 30) de torras por carga? Gramado incluiu nesta lista a manutenção da ERS-373 (Serra Grande a Santa Maria do Herval). Mas era o que me faltava, além de ser um desvio, uma rota de fuga, ajudar a gastar o que os outros tem de pagar em outra estrada? É preciso entender que dinheiro não dá em laranjeira!

Mobilização

Nada impende, no entanto, que este pedido dos municípios possa ser adaptado. Para isso tem uma importante reunião regional na próxima quarta-feira, dia 16, na Câmara de Vereadores de Gramado, com a presença de representantes do Governo do Estado e da EGR, para esclarecimentos e orientação.
Ontem mesmo, o presidente, Professor Daniel, peregrinava pelos municípios da região convidando as Câmaras de Vereadores e Prefeituras. Mesmo após esta reunião a mobilização deve ser mantida no sentido de que o edital, e o contrato da nova gestora, contemplem cada demanda durante os 30 anos. Lembremos que após contrato assinado, quem quer que seja, limitar-se-á, ao escrito.

Macega show

A música nos faz companhia em todos os momentos, na festa e no velório, ou, do nascimento ao sepultamento. Então como pode que o artista é tão desvalorizado? Até para contrata-lo é simples e barato. Não tem o valor que deveria ter. Na pandemia então, o tratam como se fosse descartável. Como símbolo de boas práticas e de cuidados para evitar a proliferação do Coronavírus os municípios ofereceram dois troféus ao Estado: cercaram as pracinhas de brinquedos das crianças e proibiram os músicos de atuar. Mas o músico é igual a todos nós, faz o que gosta e não desiste nunca. Sábado tive o prazer de assistir um ensaio da bandinha alemã Macega Show, da linha Araripe. Assim que for permitido, estarão prontos.

Conteúdo relacionado

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido