Você atingiu a métrica limite de leitura de artigos

Identifique-se para ganhar mais 1 artigos por mês!

Já sou assinante!

É primavera

Tempo de leitura: < 1 minuto

Oficialmente a estação florida só começa dia 21. Mas a natureza não está nem aí para a data e já está colorindo a região com as mais diversas cores. Não sei se aquele dito de que Deus é brasileiro confere, mas é fato que enquanto nos aproximamos do Dia da Pátria as cores predominantes são o verde e amarelo. Quando vim morar em Nova Petrópolis em 1996 a cidade ficava muito bonita nesta época. Depois aprenderam a podar as azaleias e nunca mais as vimos tão lindas. Hoje em dia parecem mal sobreviver. Longe do encanto daquelas que não enfrentam a motosserra duas vezes por ano, como essa que fotografei ontem à tarde em frente a pastelaria Beiçola, em Canela, perto da catedral de Pedra.

Temo pelas hortênsias

Acredito que é coisa estudada, mas para este leigo parece que não é correto podar as hortênsias do jeito que foi feito em Gramado – caminho para Nova Petrópolis. Deixaram só o toco. Até isso brotar e colocar caule de novo acredito que ficaremos um ano sem elas, ou em bem menor quantia. Vamos aguardar.

7 de Setembro

O Dia da Pátria ficará marcado pelas manifestações em Brasília, pró presidente Bolsonaro. A Direita toda se movimenta Brasil afora. Para os conservadores há anos a coisa descarrilou e não volta mais ao normal, tamanho o estrago causada pela Esquerda. O presidente grita, esbraveja, mas nada diferente acontece. Pelo contrário, aumenta a cada dia a ameaça contra si. A soltura de Lula, o credenciando para a eleição presidencial, condenado em segunda instância do judiciário federal, seguida pela anulação das sentenças condenatórias por erro de encaminhamento (deveria ser em outra comarca), seguida pela declaração de suspeição do juiz da primeira instância por mensagens de celular obtidas criminosamente e agora a negativa do voto impresso, aditável, para a eleição de 2022, mais a forma autoritária como os ministros do STF vêm se comportando, prendendo defensores do presidente por crime de opinião, integram o variado conjunto de alegações que embasam os manifestos.

Manifestos

Os patriotas, defensores dos direitos da família e individuais, os cristãos, aqui também conhecidos, atualmente, como Bolsonaristas, acreditam que é preciso mudar. A profundidade disso não se sabe. O tamanho do manifesto vai dizer muito. Mas o certo é que para uma mudança significativa a cirurgia é complexa. Seria preciso zerar, afastar os deputados e senadores, todos, e os ministros do STF e chamar uma nova constituinte, com legisladores eleitos especificamente para isso. Seriam meses de turbulência que poderiam levar a economia, já combalida, ao caos. Se os manifestos se manterem em uma linha intermediária, e causarem apenas um alerta a todos que é preciso ouvir o Presidente em seus principais pleitos, será o menor dos percalços. Mas, se, por outro lado, os manifestos forem pequenos, a ponto de a oposição se sentir fortalecida, também será o caos pois certamente levará à cassação do presidente.

Vai ser grande

Ao que levantei ontem e por relatos vindos de Brasília, a movimentação será gigante. De Gramado, Canela e Nova Petrópolis muitos estão se articulando para ir a Brasília. Muitos irão de ônibus, de todas as regiões do Estado. Outros tantos estão se articulando de caminhonetes e vans próprias. Os hotéis da Capital Federal já estão lotados.

Porque cansei

“Eu vou porque cansei de ver os desmandos dessa corja de Brasília. Finalmente vejo que temos uma pessoa séria neste Brasil, que é o Bolsonaro e não posso deixar de dar a minha contribuição por um Brasil sem essa ladroeira toda que vimos sempre. Desde criança ouvimos os reclamos porque os criminosos do colarinho branco (políticos) não pagam pelos seus crimes e quando finalmente vimos isso ocorrer foram lá e mudaram todas as sentenças com uma única caneta”, justificou Marcelo Neumann, que vai a Brasília para o dia 7 histórico. “Foi Deus que colocou essa pessoa (Bolsonaro) ali… Na hora e no momento Certo”, acrescentou.

Quanto a mim

Eu vou a Brasília. Como cidadão me sinto inconformado com o que vem acontecendo. Elegemos um presidente que ficou sem nenhuma autonomia e que está sendo contestado em absolutamente tudo o que propõe e se não nos manifestarmos, mantermos nosso apoio a ele, o colocam na cadeia em detrimento ao outro, cuja corja toda chegou a devolver bilhões que desviaram dos cofres públicos ao longo dos anos. Fosse Lula inocente nosso judiciário seria muito relapso, despreparado, mal intencionado. Mas não é! Essas são as características, lamentavelmente, da nossa ‘suprema corte’. Não é possível que um processo julgado por um colegiado, no caso o TRF4, possa ser derrubado por um único membro do STF, no caso o Ministro Barroso que entendeu não ser Curitiba o local para o julgamento do petista. É só observar a CPI dos vagabundos. Foi o STF que mandou instalar e é ele (o STF) que decide quem fala, quem cala, quem vai e quem não vai para o interrogatório.
Se não nos unirmos, fazê-los sentir o nosso apoio ao presidente, em poucos dias concretizam o que é pregado pela esquerda há muito “tomam” o poder. De Brasília manterei a audiência do Integração informada com intervenções ao vivo pela página do Facebook Jornal Integração.
Brasil Acima de Tudo, Deus acima de todos!

Retomando

Graças ao bom Deus e para o alivio da dor, a prefeitura de Gramado, através da secretaria da Saúde, esta retomando de forma célere as cirurgias eletivas, que vem acumulando desde o inicio da pandemia em março de 2020. No quadro os principais atendimentos realizados até aqui durante o ano. Agradeço o amigo Volnei Desian, foto, secretários Adjunto da Saúde de Gramado, pelo envio dos dados.

Conteúdo relacionado

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido