Início Coronavírus Gramado e Canela Número de casos de Covid cresce e acende alerta na região

Número de casos de Covid cresce e acende alerta na região

Tempo de leitura: < 1 minuto

REGIÃO – Foi por um fio que a região da Serra não foi classificada com risco epidemiológico altíssimo de contaminação do novo Coronavírus (bandeira preta) no Modelo de Distanciamento Controlado do Governo Estado desta semana. Neste domingo e nesta segunda-feira pela manhã, a taxa de ocupação dos leitos de UTIs aqui na região chegou a 88,7%. Ainda nesta segunda-feira, à noite, a taxa subiu para 89,9%, sendo a mais alta desde o início da pandemia. Esse índice está maior que as regiões de Pelotas e Bagé, que foram classificadas como bandeira preta.

Desde novembro os índices aqui na região, e também no Estado, seguem aumentando. A Serra está entrando na terceira semana com bandeira vermelha e os índices continuam em elevação. Após o segundo turno da eleição, quando entramos na bandeira vermelha, a taxa mais baixa de ocupação das UTIs foi registrada no dia 5 de dezembro, quando 76,2% dos leitos estavam ocupados.

A Região Covid Serra é a maior no Modelo de Distanciamento Controlado abrangendo 49 cidades e 27 hospitais. Ao todo são 286 leitos de UTIs e na noite desta segunda-feira (14), conforme a Secretaria Estadual da Saúde, 257 estavam ocupados, sendo 110 pacientes com Covid, 34 suspeitos e 113 por causa de outros problemas de saúde.

COGESTÃO – O Governo do Estado está retomando nessa semana a cogestão regional (gestão compartilhada), onde regiões e municípios podem adotar medidas mais amenas que as determinadas na bandeira vermelha. Os protocolos mais amenos vigoram a partir da zero hora desta terça-feira (15).

BANDEIRA PRETA – A bandeira preta é a restrição máxima prevista pelo modelo de Distanciamento Controlado, e significa que tanto a capacidade hospitalar como o contágio por coronavírus alcançaram níveis críticos.

Em todo o Estado, na semana passada, houve aumento no número de mortes em 15% e aumento de 14% no número de internações. Bagé e Pelotas foram classificadas como bandeira preta por conta do aumento no número de mortes, em Pelotas morreram 41 pessoas por Covid na semana passada contra 23 na semana anterior.

Nos protocolos de bandeira preta os mercados, açougues, padarias e fruteiras, postos de combustíveis, parques, bancos e lotéricas, transporte coletivo e correios funcionam com metade da sua capacidade.

Lancherias, restaurantes ala carte ou prato feito pode operar com 25% da capacidade. Restaurantes auto-service não podem abrir. Hotéis e pousadas podem funcionar com 30% dos quartos. Escolas fecham e comércio não essencial também fecham.

Como está a ocupação nas UTIs de Canela e Gramado

Em CANELA, 10 leitos para Covid estão habilitados no sistema do Estado (os 5 leitos abertos recentemente estão autorizados pelo Estado, mas ainda não estão habilitados pelo Ministério da Saúde, ou seja, o HCC está utilizando estes leitos, mas ainda não recebe repasses de verbas do Governo Federal por eles).

Nesta segunda-feira, a taxa de ocupação no HCC está em 70% com sete pacientes com Covid. “Nós aumentamos mais cinco leitos de UTI e mais cinco leitos intermediários, isso significa que agora temos 25 leitos para atender a população, sendo 10 de UTIs e 15 intermediário”, enfatizou o interventor do HCC, Luis Cláudio da Silva, o Ratinho.

Desde o início da pandemia, a cidade já contabilizou 2.029 casos positivos para Coronavírus, 1.941 pacientes se recuperaram da doença e 33 morreram. Atualmente 55 pessoas estão em tratamento.

“A crescente no número de casos é resultado do relaxamento da população, o povo achou que tudo estava tranquilo e a coisa começou a descarrilar. Falta cuidado e falta conscientização. Não adianta o governo federal, estadual e municipal abrir leitos se a população não colaborar. As pessoas afrouxaram num momento onde não poderia ter afrouxado”, comentou Ratinho.

Em GRAMADO são 18 leitos de UTIs e nesta segunda-feira, a taxa de ocupação é de 61,7%, com 11 pacientes internados, sendo sete com Covid, três suspeitos e um por causa de outras patologias. Mas de acordo com o Boletim Epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde, 13 leitos de UTI estão ocupados, 5 suspeitos e 8 com Covid (4 pacientes são de outras cidades).

Desde o reingresso em bandeira vermelha, o pior momento foi no dia 11 de dezembro, quando a ocupação chegou a 88,9%.

Ainda de acordo com o boletim local, 3.050 pessoas foram infectadas pelo vírus em Gramado desde o início da pandemia, 2.928 se curaram e 38 morreram. Atualmente 84 pacientes fazem tratamento para a doença.

TAXA DE OCUPAÇÃO DAS UTIS EM TODAS AS REGIÕES COVID*

Serra – 89,9%

27 hospitais com 286 leitos e 257 pacientes internados

Taquara – 73,3%

8 hospitais com 30 leitos e 22 pacientes internados

Capão da Canoa – 88,5%

7 hospitais com 52 leitos e 46 pacientes internados

Novo Hamburgo – 99,1%

10 hospitais com 113 leitos e 112 pacientes internados

Canoas – 88,4%

12 hospitais com 172 leitos e 152 pacientes internados

Porto Alegre – 82,1%

26 hospitais com 945 leitos e 776 pacientes internados

Guaíba – 73,9%

7 hospitais com 46 leitos e 34 pacientes internados

Cachoeira do Sul – 80%

8 hospitais com 20 leitos e 16 pacientes internados

Pelotas – 89,3%

20 hospitais com 159 leitos e 142 pacientes internados

Bagé – 71%

5 hospitais com 31 leitos e 22 pacientes internados

Uruguaiana – 80%

9 hospitais com 80 leitos e 64 pacientes internados

Santa Maria – 78,3%

26 hospitais com 129 leitos e 101 pacientes internados

Santa Cruz do Sul – 76%

9 hospitais com 50 leitos e 38 pacientes internados

Lajeado – 73,8%

19 hospitais com 65 leitos e 48 pacientes internados

Cruz Alta – 90,6%

10 hospitais com 32 leitos e 29 pacientes internados

Santo Ângelo – 67,4%

10 hospitais com 43 leitos e 29 pacientes internados

Ijuí – 63,9%

14 hospitais com 36 leitos e 23 pacientes internados

Santa Rosa – 82,6%

14 hospitais com 46 leitos e 38 pacientes internados

Palmeira das Missões – 68,6%

21 hospitais com 35 leitos e 24 pacientes internados

Erechim – 61,4%

13 hospitais com 44 leitos e 27 pacientes internados

Passo Fundo – 83,9%

24 hospitais com 155 leitos e 130 pacientes internados

TOTAL NO ESTADO – 82,9%

299 hospitais com 2.569 leitos e 2.130 pacientes internados

Deste total de pacientes internados, 905 estão com Covid, 202 são suspeitos e 1.023 são por causa de outros problemas de saúde.

*Estas informações foram colhidas do portal da Secretaria Estadual da Saúde (www.covid.saude.rs.gov.br) às 21h30 desta segunda-feira (14).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido