Início Coronavírus Gramado e Canela Canela e Gramado retornam para bandeira vermelha

Canela e Gramado retornam para bandeira vermelha

Tempo de leitura: < 1 minuto

Mapa preliminar foi divulgado nesta sexta-feira (14), mas comércio poderá abrir

REGIÃO – O mapa preliminar da 15ª rodada do Distanciamento Controlado, divulgado nesta sexta-feira (14) pelo Governo do Estadotraz 16 regiões classificadas com alto risco epidemiológico de Covid-19, recebendo bandeira vermelha, sendo que Canela e Gramado estão inclusas, assim como os demais municípios da Serra. Mesmo neste sistema de protocolo mais rígido, podem seguir em funcionamento de acordo com as novas regras.
A partir desta semana, as associações regionais terão duas alternativas caso não concordem com a classificação preliminar. Além dos pedidos de reconsideração, em vigor desde a sétima rodada, as regiões Covid que quiserem adotar protocolos menos restritivos à bandeira na qual estão classificados, mas no mínimo iguais à bandeira anterior poderão elaborar planos estruturados próprios aprovados por no mínimo dois terços dos prefeitos e avalizados por uma equipe técnica.
O pedido de reconsideração à classificação da bandeira, que pode ser feito via associação regional ou pelo próprio município, também deverá ser encaminhado exclusivamente por meio de formulário eletrônico, prazo máximo de 36 horas após a divulgação do mapa preliminar – ou seja, até as 6h de domingo (16).
Ambas as alternativas foram resultado do diálogo do governo do Estado com os municípios, que passam a ter cogestão do Distanciamento Controlado. “Estamos buscando ajustar o modelo a um novo momento, para melhor conciliar com a atividade econômica garantindo a proteção à saúde das pessoas”, explicou o governador Eduardo Leite.
As regiões com maior número de novos registros de hospitalizações nos últimos sete dias, por local de residência do paciente, são Porto Alegre (333), Caxias do Sul (159), Canoas (114), Novo Hamburgo (59) e Passo Fundo (81).

Saiba mais sobre os protocolos
Comércio varejista não essencial (rua, centros comerciais e shoppings)
Permite 25% trabalhadores (somente para estabelecimentos com mais de três trabalhadores).

Respeito ao teto de ocupação (número máximo de pessoas conforme área do estabelecimento).

Abertura exclusiva de quarta-feira a sábado, em horário reduzido, das 10h às 16h, para não coincidir com a movimentação de serviços essenciais.

Restaurantes
Atendimento presencial restrito passa a ser permitido na bandeira vermelha, com dias e horários reduzidos e reforço dos protocolos obrigatórios.

Aviso visível aos frequentadores sobre a lotação máxima nas bandeiras amarela, laranja e vermelha, para reforçar distanciamento mínimo. Na bandeira amarela, a lotação máxima é de 75%. Na bandeira laranja, é de 50%. Na bandeira vermelha, passa para 50% de trabalhadores e 25% de lotação, de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h.

As modalidades de tele-entrega, drive-thru e pague e leve seguem permitidas durante todos os dias da semana.

Restaurantes que se localizam em shoppings também estão inclusos na alteração.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido