InícioEsportesGramado e CanelaEstreia para aquecer a torcida pelo Gramadense

Estreia para aquecer a torcida pelo Gramadense

Tempo de leitura: < 1 minuto

GRAMADO – A temperatura prevista para sábado (21) é baixa, mas sem chuva com o sol prevalecendo. E para aquecer este dia, o torcedor está convocado para comparecer no Campo da Baixada, quando Centro Esportivo Gramadense (CEG) estreia no Gauchão Sub-17 diante do Lajeado, a partir das 15h. No grupo estão também as equipes da Apafut, Nova Prata, Novo Hamburgo, Santa Cruz e SulBrasil, classificando para a próxima fase as quatro melhores colocadas.

Nesta semana, o técnico Gustavo Corrêa esteve no programa Redação JI – Entrevista na Rádio Integração Digital e citou do trabalho que vem sendo realizado, treinos, amistosos e desta primeira partida, onde a ansiedade terá que ser controlada.

“Estamos trabalhando e treinando forte, os últimos dias ruins de trabalhar devido as condições climáticas, tínhamos alguns amistosos programados. Mas conseguimos utilizar o campo sintético, trabalhamos bastante se preparando bem e a gurizada está tranquila e confiantes a equipe vem em uma evolução grande desde  início do ano. Para este primeiro jogo, claro que tem a ansiedade o que é normal, mas se conseguir controlar nos mantém mais focados para o jogo”, disse.

Objetivos

Com sete equipes no grupo, com jogos em turno único, classificam para a próxima fase as quatro melhores colocadas. No entanto, o comandante técnico preferiu manter a cautela quanto aos objetivos do clube e prefere trabalhar a cada jogo.

“Vamos trabalhar a cada partida, temos que iniciar bem, claro que queremos a classificação, mas isso só virá se tiver focado a cada jogo. São equipes fortes que vamos atuar, como o Novo Hamburgo, Apafut e Sul Brasil, além do Lajeado que temos poucas informações, mas tem grandes profissionais e estrutura. É uma chave bem equilibrada”, projetou.

Outro ingrediente essencial para Gustavo Corrêa está fora das quatro linhas. A importância do apoio do torcedor e dos familiares dos atletas é considerado fundamental e procurar transformar as arquibancadas do Complexo Esportivo Ernestão em mais um combustível para os atletas.

“A torcida é muito importante e esta questão da família estar junto, valoriza muito o que o clube vem fazendo desde os projetos sociais até as categorias de base. É importante este apoio da comunidade e tudo fica mais fácil e estamos precisando muito deste apoio”, finalizou. O primeiro confronto do Gramadense fora de casa está marcado para o dia 28, em Garibaldi, diante do Nova Prata.

Confira abaixo a entrevista completa. Para ouvir no celular clicar em OUVIR NO NAVEGADOR.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido