Início Notícias Cidades Municípios da macrorregião Serra proporão protocolo regional ao Estado

Municípios da macrorregião Serra proporão protocolo regional ao Estado

Tempo de leitura: < 1 minuto

REGIÃO – A maioria dos prefeitos dos 49 municípios da macrorregião da Serra esteve reunida em videoconferência na tarde desta sexta-feira (24). O objetivo do encontro foi se antecipar ao anúncio do governador Eduardo Leite, que confirmou a manutenção da bandeira vermelha conforme o modelo de distanciamento adotado pelo Estado.

A opinião dos participantes foi unânime de que, se os dados epidemiológicos dos municípios são analisados regionalmente, também seria possível aos entes se organizarem para apresentar um protocolo regional, com flexibilização de algumas atividades, aliado a restrições. Com o regramento dos municípios da Serra, segundo as particularidades do zoneamento, a esperança é de que se possa retornar à bandeira laranja.

O documento coletivo com as medidas e restrições deverá ser proposto e apresentado ao Estado na próxima semana. É uma alternativa vislumbrada para fazer girar a vida econômica nos 49 municípios. Isso porque, segundo os prefeitos, cada vez mais famílias estão sendo afetadas pelas restrições pelo fato de que houve muitas demissões.

A flexibilização de atividades, porém, não significa descumprimento de medidas protetivas, e sim a adoção de regramentos peculiares, de acordo com a macrorregião, que possam movimentar setores sem descuidar da questão sanitária. “Nós, aqui em Canela, defendemos a flexibilização de parques e restaurantes. Há muitas pessoas desempregadas, e temos que buscar uma alternativa para que a economia retorne sem comprometer os trabalhos da saúde”, diz o prefeito Constantino Orsolin.

TURISMO RS

Na quinta-feira (23), o prefeito Constantino Orsolin participou de outra videoconferência, mas do Comitê de Retomada do Turismo RS. O encontro foi mediado pela Amserra (Associação dos Municípios de Turismo da Serra) e pela Amesne (Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste).

Na ocasião, o presidente da Amesne, José Carlos Breda, prefeito de Cotiporá, disse que a intenção é pleitear ao Governo do Estado mais autonomia por parte dos municípios, de modo a adequar os protocolos de distanciamento social à realidade de cada um. Isso porque o turismo foi drasticamente afetado na Serra, e o que se pretende é o retorno das atividades, de forma segura e responsável.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido