InícioSaúdeGramado e CanelaVai "ferver" e sua saúde como está?

Vai “ferver” e sua saúde como está?

Tempo de leitura: < 1 minuto

REGIÃO – Nesta semana as temperaturas elevadas e sensação de abafamento, é um prenúncio do que pode ocorrer neste final de semana e nos próximos dias. O que parecia impossível, em se tratando da Região das Hortênsias as temperaturas podem ultrapassar a 40ºC, como prevê a Metsul Metereologia em seu site (www.metsul.com.br) para Gramado no domingo, segunda e terça-feira, a partir de modelos meteorológicos e sem intervenção de meteorologista.

Já Canela, nestes mesmos dias o termômetro marcará, conforme a previsão em 35ºC, 38ºC e 34ºC, respectivamente. Com as temperaturas elevadas, especialistas na área da saúde alertam reforçam os cuidados necessários para alimentação em adultos e crianças, atividade física e a proteção da pele.

Fernanda Magagnin Freitag, dermatologista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, orientou quanto a utilização de roupas e acessórios e do filtro solar ideal para estes casos. “Proteger-se com roupas com proteção Uv e saídas de banho, utilizar chapéu, bonés, viseiras e óculos de sol. Filtro solar de amplo espectro com proteção Uva e uvb, de FPS [fator] 50. Reaplicar a cada três horas e mesmo em dias nublados, há risco de queimadura e lábios também devem ser protegidos”, orientou.

Fernanda alertou ainda, em locais onde ocorre incidência de insetos quanto a forma correta de aplicar o repelente e citou que em caso de algum descuido no cuidado da pele procurar atendimento médico.

“Em áreas de insetos, lembrar que repelentes são aplicados por último, depois do filtro solar e procurar atendimento médico em caso de queimadura solar extensa ou com bolhas em crianças e adultos”, alertou.

Fernanda Magagnin Freitag, dermatologista

Alimentação

Manter uma alimentação saudável, pode evitar com que ocorra algum mal estar em virtude de temperaturas elevadas. Daiane Vaccari, nutricionista especializada em nutrição infantil, pontuou o que os pais devem oferecer para seus pequenos poderem se deliciarem utilizando também da criatividade

“Na alimentação infantil é importante de trabalhar o lúdico, principalmente para estimular o consumo fazendo espetinhos de frutas, saladas coloridas e decoração, saladas com frutas picadas no meio. Para o sorvete basta congelar as frutas, e na hora de comer bater no liquidificador com iogurte e o picolé é só bater a fruta no liquidificador com água e congelar nas forminhas”. Quanto aos bebês, a orientação é o leite materno “exclusivamente”, pois o mesmo é alimento completo que contem água.

Daiane Vaccari, nutrição infantil

Ainda no espectro alimentar, Carla Santos da Clínica Emagrecentro Gramado, mencionou que com o calor as pessoas procurem alimentos ricos em líquidos. “Auxilia o bom funcionamento dos rins, limpa o organismo, ajuda a não reter líquidos, desintoxica o organismo, aumenta a massa muscular, combate o envelhecimento e ajuda a emagrecer. Alguns destes alimentos como o pepino, tomate e frutas como melancia, laranja, melão e maçã”, disse.

Com o calor, cresce a procura por bebidas alcoólicas, neste caso principalmente sobre cerveja a nutricionista faz um alerta. “Por ser consumida gelada, ela passa uma falsa sensação de hidratação mas, na verdade, o que acontece é o oposto. A cerveja desidrata e ainda engorda. O álcool chega a ser mais calórico que o próprio açúcar. Vale ressaltar que deve evitar o consumo excessivo de bebidas alcoólicas, ou até mesmo produtos com cafeína”, orientou.

Carla Santos, nutricionista da Clínica Emagrecentro Gramado

Atividade física

Os adeptos de uma atividade física devem também manter os cuidados e seguir algumas regras, pois mesmo com o forte calor não deixar de se exercitar. Leandro Godoi, educador físico, personal trainner e massoterapeuta, com 31 anos de atuação na área, colocou alguns pontos a serem adotados para quem vai correr ou caminhar.

“Como o calor excessivo aqui [região] não é tão habitual, nós vamos sofrer um pouco, mas principalmente com altas temperaturas, temos que observar alguns cuidados como o horário da atividade física na rua, se possível, até às 10h ou depois das 17h, pois nestes horários a incidência de sol não é tão forte”, comentou.

Godoi acrescentou ainda da importância na hidratação, principalmente antes da atividade física e deu dicas também das roupas mais adequadas a serem utilizada. “Alguns cuidados são muito importantes como a hidratação, pré-treino, consumir até dois litros de água por dia e durante o treino a cada cinco minutos, não esperar ter sede, pois se deixar, você já está em estado de desidratação. Quanto a roupa, não deve deixar as costas de fora ou ficar sem camisa e evitar roupas escuras, pois absorve mais os raios de sol”, finalizou.

Leandro Godoi, educador físico e massoterapeuta

Texto: Tiago Manique – [email protected]

Fotos: Arquivo Pessoal

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido