InícioPolíciaGramado e CanelaMédico acusado de abusar de pacientes é preso em Gramado

Médico acusado de abusar de pacientes é preso em Gramado

Tempo de leitura: < 1 minuto

GRAMADO – Durante a segunda fase da operação Hipócrates, a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher de Porto Alegre prendeu o médico cirurgião plástico Klaus Brodback acusado de cometer abuso sexual em dezenas de pacientes. A prisão ocorreu em Gramado, onde o médico portoalegrense também possui residência.

Até sábado (17), 95 mulheres haviam apresentado denúncia contra o cirurgião. A primeira fase da operação foi desencadeada na terça-feira (13), quando 12 pacientes havia registrado ocorrência. Na primeira etapa das investigações foram realizadas duas diligências, uma na residência do médico na capital e outra na clínica de cirurgia plástica, no bairro Três Figueiras, Porto Alegre. Ele prestou depoimento na quinta-feira (15), e negou as acusações.

Na sexta (16), após decisão proferida pela 2ª Vara Criminal do Foro Central da Comarca de Porto Alegre, com parecer favorável do Ministério Público, Brodback foi preso preventivamente.

O trabalho investigativo é conduzido pela delegada Jeiselaure Rocha de Souza. Ela comentou que “nós temos inclusive uma vítima que foi encaminhada para verificação sexual que restou positivo inclusive pra presença de sêmen, então temos provas bem contundentes”.

O médico deve ser indiciado por crimes de assédio, importunação sexual e até estupro de vulnerável. Alguns abusos teriam acontecido com as pacientes dopadas para os procedimentos estéticos. Mulheres de outros estados também registraram ocorrência contra o médico.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido