InícioEconomiaGramado e Canela“A cidade toda tem de estar indo bem”

“A cidade toda tem de estar indo bem”

Tempo de leitura: < 1 minuto

O projeto Engrenagem Criativa esteve no melhor hotel do mundo no sábado passado. Com a participação dos proprietários Jonas e Ana Clara Tomazi, tentamos desvendar o segredo de chegar a um destaque destes, antes mesmo de completar três anos (que será em novembro próximo) e com apenas 34 apartamentos, dado pelos próprios clientes, que, no caso, descreveram sua experiência no principal site de avaliações, e buscas, do mundo, o TripAdvisor. Também contamos com a participação da secretária de Turismo e presidente da GramadoTur, Rosa Helena Volk, da secretária de Educação do município, Simone Tomazelli e do proprietário do Hotel Cabanas Tio Müller, 13º colocado entre os 25 melhores hotéis românticos do Brasil, Mateus Müller.

Jonas Tomazi valoriza a classificação exatamente por ser uma avaliação dos hóspedes sobre a experiência que tiveram enquanto clientes. Ainda que o Collina de France seja luxuoso, lindo em arquitetura e sofisticação, Jonas avalia que em outras partes do mundo, como em Dubai, há hotéis muito mais caros, com investimento imensamente maior, mas que não atingiram este nível de satisfação com os clientes. “Tem hotéis lá que gastaram mais no banheiro do que nós para fazer o hotel todo, mas tu tem que ter o atendimento, as comodidades, ser completo. E o que é ser completo, o que fez a diferença para a gente ter este prêmio, principalmente o atendimento nosso, limpeza, tudo isso. Atingimos todas as expectativas do cliente. Então, é graças a nossa equipe, pois a gente não seria nada sem eles”, destacou.

Como o TripAdvisor é o maior site de buscas do mundo, estar em primeiro do ranking é sempre positivo para obter novos resultados. “Estar em primeiro lugar na hotelaria, para nós, é maravilhoso, mas para a cidade de Gramado é muito grande, pois junto com o lançamento da Casa Aveiro, que teve o envolvimento do Cristiano Ronaldo, foi a vez que o nome de Gramado foi mais falado internacionalmente. Ajudou, não tenho nem palavras para descrever, mas está ajudando também a hotelaria da cidade como um todo. E isso deixa nós felizes, pois não adiantaria alguém da cidade estar indo bem, a cidade toda tem que estar indo bem, penso desta forma”, descreveu.

Para chegar ao Collina de France, Jonas diz que se inspirou em empreendimentos que também foram muito bem classificados no ranking dos melhores do mundo como o Hotel Cabanas Tio Müller e o Vale D’Incanto, 20º colocado do mundo e 1º da América do Sul entre os 25 melhores hotéis românticos do mundo. Tomazi também destacou o fato de que desde o primário, feito na escola municipal Presidente Vargas, onde por três anos recebeu aulas de turismo com a matéria Educação Para o Turismo.

Ainda que em alguns momentos não tenha sido bom aluno, como admite, estas lições gravou bem e geram na comunidade toda um diferencial, gerando efeitos em pequenos detalhes como parar o carro em uma travessia de pedestres. “Onde (nas aulas) Gramado já te preparava para você trabalhar com teu hóspede, teu cliente e com o turismo da cidade”, lembrou.

Repercussão internacional imensa

Rosa Helana Volk destacou o orgulho de Gramado por tamanho destaque de um empreendimento local, com repercussão imensa internacional. Ainda com o gigantismo de uma classificação destas e das demais do mesmo ranking, Rosa Helena acredita que Gramado não se assusta com a responsabilidade, com o peso destes destaques mundiais.

“A gente sente que Gramado não se sente pesada com esta responsabilidade, pelo contrário, o trade turístico da cidade está cada vez se qualificando mais, e as pessoas quando vêm, notam essa diferença a cada vez que voltam vendo coisas novas. Fiquei muito impactada com a mídia internacional, que foi impressionante”.

Time afiado

Em nome da equipe do Colline falou a funcionária Evinha Pinto, destacando seu orgulho em trabalhar no melhor hotel do mundo. “É uma honra trabalhar com o Jonas, a Ana Clara e o gerente Marcio Santos, que nos inspiram a ser melhores a cada dia. Estamos sempre muito preocupados com o hóspede, queremos dar o nosso máximo para que ele tenha uma excelente experiência aqui em Gramado e aqui no hotel. Então ficamos preocupados se está tudo certo na suíte e o que podemos fazer para melhorar a experiência, e agora é mais responsabilidade porque é uma expectativa alta dos clientes que vem aqui no hotel, então estamos sempre muito preocupados em tentar atender e estamos sempre à disposição caso eles tenham sugestões para nós podermos melhorar”, destacou Evinha, que em poucas palavras nos fez entender como se chega a uma tão alta satisfação do cliente.

Identificação com o romantismo

“Para nós foi muito gratificante receber este prêmio. É o segundo ano consecutivo que estamos entre os 15 melhores do Brasil”, disse Mateus Müller, diretor do Hotel Cabanas Tio Müller. Ao destacar as várias premiações que o empreendimento tem conquistado nos últimos anos ressaltou que isso incentiva a equipe a sempre buscar mais, melhorar em atendimento e ampliar a instalação.

Prestes a completar 30 anos, em dezembro, o hotel que iniciou com seis cabanas e hoje conta com 28, pretende se focar cada vez mais no viés romântico, já que é dali que vem o maior reconhecimento. Há cabanas com lareiras, ofurô e deck privativo, e o planejamento é melhorar ainda mais a decoração, montar um bar e evoluir para spa.

“Nós iniciamos diferente do que o Colline, por etapas. Iniciamos com seis cabanas, nós morávamos no mesmo local, aí foi feito mais algumas e hoje nós temos 28. Temos acomodações desde as tradicionais, até os chalés com ofurô, lareira e deck privativo. Então o conceito do hotel também já melhorou bastante e a gente está procurando cada vez ter um atendimento mais qualificado, uma equipe mais qualificada e esse trabalho contínuo tem gerado um bom resultado, tem agregado bastante para o hotel. Queremos nos identificar cada vez mais com o romantismo”, descreveu.

Educação Para o Turismo

Desde 1973 as escolas municipais de ensino fundamental, lecionam Educação para o Turismo aos estudantes, preparando os futuros cidadãos para os desafios que a principal atividade econômica do município irá apresentar. Desde então, ano a ano (exceto os últimos 4 anos) as secretarias de Educação e Turismo, em parceria, oferecem uma capacitação aos docentes que desenvolvem a disciplina dentro das escolas. Já no ensino médio são desenvolvidos projetos em conjunto entre as duas secretarias para a profissionalização dos estudantes.

“A gente sempre ouve dizer que a hospitalidade é o nosso DNA. Gramado é conhecida mundialmente pelo bom atendimento e a hospitalidade. E a gente tem na educação uma ideia de que a gente só valoriza e se empenha em algo quando a gente conhece e se identifica com a história. Então a educação vem por este lado, de trabalhar a história do município, história das pessoas que fizeram o município chegar ao patamar em que está hoje e a partir deste conhecimento, desta identificação é que desde pequenininho tem este querer por Gramado, querer atender bem e empreender aqui, este diferencial que nossa comunidade tem”, descreve Simone Tomazelli, secretária de Educação de Gramado.

Texto: Cláudio Scherer | [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido