InícioCoronavírusGramado e Canela43ª rodada do Distanciamento Controlado confirma Bandeira Preta em todo o Estado

43ª rodada do Distanciamento Controlado confirma Bandeira Preta em todo o Estado

Tempo de leitura: < 1 minuto

ESTADO– A 43ª rodada do Distanciamento Controlado confirmou o que o governador Eduardo Leite havia antecipado: todo o Rio Grande do Sul está em bandeira preta. A região de Caxias dos Sul, na qual Canela e Gramado fazem parte, tem 304 leitos de UTI Covid e estão todos ocupados..

Divulgado nesta sexta-feira (26), o cálculo dos indicadores de velocidade de propagação do coronavírus e capacidade de atendimento hospitalar resultou em média final superior a 2,50, o que representa o nível mais alto previsto no sistema, em todas as 21 regiões Covid.

Nesta rodada, excepcionalmente, não haverá mapa preliminar. A vigência da classificação definitiva foi antecipada para a 0h de sábado (27) e as novas bandeiras serão válidas até as 23h59 do domingo seguinte (7/3) – mesmo prazo estabelecido para a suspensão da cogestão e das atividades não essenciais entre 20h e 5h. As novas regras serão publicadas em decreto ainda nesta sexta (26).

Antes disso, o governador irá se reunir com prefeitos, líderes regionais, representantes setoriais e chefes de Poderes para avaliar os resultados das restrições estabelecidas para conter a acelerada curva de contaminação no Estado, que levou a um esgotamento da capacidade hospitalar.

Na 43ª rodada do Distanciamento Controlado, 10 das 21 regiões apresentaram elevação do nível de risco, passando da bandeira vermelha para a preta: Santa Maria, Uruguaiana, Guaíba, Santo ngelo, Cruz Alta, Ijuí, Santa Rosa, Pelotas, Bagé e Cachoeira do Sul.

As regiões Covid de Capão da Canoa, Taquara, Novo Hamburgo, Canoas, Porto Alegre, Palmeira das Missões, Erechim, Passo Fundo, Caxias do Sul, Santa Cruz do Sul e Lajeado já haviam sido classificadas na bandeira preta na região anterior. A diferença, nesta semana, é que elas não poderão adotar a cogestão, que está suspensa, sendo obrigadas a adotarem os protocolos estaduais de bandeira preta.

Entre todas as regiões, nesta rodada, a média final mais alta, de 2,90, foi registrada na região Covid de Santa Cruz do Sul. A mais baixa, de 2,51, está presente nas regiões de Uruguaiana e Santa Maria. Lembrando que qualquer índice superior a 2,50 fica enquadrado na bandeira preta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido