Natal Luz

Tempo de leitura: < 1 minuto

Todo o conteúdo do Integração pode ser acompanhado pelo site www.leifacil.com, pelos assinantes. Quem tem assinatura não tem restrições para ler, ouvir e assistir, inclusive transmissões ao vivo em formato de rádio. Este colunista pode ser acompanhado todas as manhãs das 7h às 8h com o programa Chimarrão e Atualidade. E, na segunda-feira, às 8h, falaremos com o presidente da GramadoTur, Rafael Carniel de Almeida.

Trabalhando dá

A entrevista do Rafael será muito esclarecedora. A sociedade regional precisa entender muito bem o planejamento desta autarquia pela sua relevância para a economia. E como é que a entidade se prepara para 2021, o ano da retomada?

Aos poucos vai

Vacina daqui, vacina dali, vacina tem, vacina não tem… É o assunto porque estamos na dependência. E até aqui não há nada definido, nem data, nem de onde, nem como. Mas, se a tendência de recuo acontecer mesmo como foi dito no início, após 50% termo-nos infectado, deve ter ocorrido isso já e aos poucos o maldito vírus comunista chinês vai nos deixar em paz. Rezemos ao Senhor, pois já tivemos manchetes esta semana de que o mundo terá de esperar até 2022 para uma vacina, após a de Oxford ter sido colocado de molho porque um dos cobaias teve problemas.

PDT tem características próprias

A dificuldade do PDT em coligar com partidos mais do centro é pelas suas características peculiares. Dentro dele tem pessoas que votam no Bolsonaro, por exemplo. Mas a ideologia é de esquerda e por isso há também os radicais, o que dificulta a proximidade com outras siglas mais amenas. Tá errado o PDT? Não. Errado está quem pensa em mudar a ideologia do partido só porque está nele, se aproveitando dele. PDT é de esquerda, PDT é Lula livre, entendam!

PDT de Gramado é um exemplo

O PDT de Gramado enganou o pessoal do MDB por causa do Fedoca. O achavam um insubstituível. Deu no que deu. Agora todos veem seu real tamanho. Além do próprio não há nada. E o próprio é quase isso. Pois vejam, com a caneta na mão, em uma gestão inteira, não formou grupo sequer para concorrer a vereador, longe de pleitear a sucessão.

Em silêncio

A atual estratégia do MDB é falar pouco. As respostas nos últimos dias tem sido silábicas. As vezes funciona, mas acho que para o atual pleito é tarde demais. Depois daquele dia 15, quando lançou a pré-candidatura, é enfrentar de peito aberto e deu. Demostrar fraqueza nunca funciona.

Evandro na Luta

Contra tudo e contra todos o pré-candidato do MDB segue sua pré-campanha sem olhar para os lados. Virou o saco de pancadas. Apanha dos próprios e dos contra. Os próprios que falo são os da coligação da atual administração, principalmente o PDT. Mas tem garra, firmeza e uma boa proposta. E um belo futuro. Fica a expectativa pelo seu vice.

O vice do Beto

Até aqui a novidade da eleição. Márcio Barth nunca foi candidato a nada. É filiado no PSDB desde 2011 mas estreia nesta eleição. Uma surpresa até, nome que não era cogitado. Mas, acho que completa muito bem a chapa do PSDB. É jovem, tem talento, empresário desde muito cedo, mora na Várzea, enfim. Vejo a majoritária do PSDB com bons olhos.

Campanha tri

Aliás, as três candidaturas são de peso. Vai ser uma boa eleição. O eleitorado e a democracia se divertem. Nestor, Beto ou Evandro, eu apoio. Ganha Gramado. Os temas relevantes estão latentes e o horizonte aparece embaralhado. Será preciso muita astúcia e determinação para o próximo prefeito.

PT, PDT e PCdoB sem candidato

Estes três partidos não tem pai e nem mãe na eleição. O Fedoca não fez campanha fora da campanha e vai pagar o mico de sequer ter um candidato a vereador. Além disso não amarrou a coligação e até ontem não tinha sequer se dado o capricho de avisar os parceiros sobre seus planos. Ontem ainda estava dizendo que depende de uma questão médica. Mas isso já deveria estar alinhavado há muito. Como a tendência é do MDB seguir seu rumo sozinho, PCdoB e PT terão de seguir seus rumos, provavelmente só com candidatos a vereador. O PDT está fora de tudo, não vai colher nada mais do que semeou.

Pré-candidatos de Caxias do Sul

AdilóDidomenico/PSDB – Paula Ioris/PSDB

Antonio Feldman/Podemos – Odir Ferronato/Podemos

Carlos Búrigo/MDB – EloiFrizzo/PSB

Edson Néspolo/PDT – Edson da Rosa/PP

Julio Freitas/Republicanos – Chico Guerra/Republicanos

Marcelo Slaviero/Novo – Cesar Bernardi/Novo

Mari Souza/Avante – a definir

Nelson D’Arrigo/Patriota – Andreia Garbin/Patriota

Pepe Vargas/PT – Claudio Libardi/PCdoB

Renato Nunes/PL – a definir

Vinícius Ribeiro/DEM – Kiko Girardi/PSD

Nova Petrópolis

Darlei Wolf/PSDB – Martin Wissmann/MDB

Jorge Dinnebier e Alexandra Muller (Republicanos)

Doris Neumann e Marco Antônio Garcia (Patriota)

Gerônimo/PDT – Ricardo Lawrenz/PP

Infraestrutura

O ministro da infraestrutura, Tarcísio de Freitas ratificou esta semana, em conversa com o senador Lasier Martins, os investimentos da União no aeroporto de Vila Oliva. São R$ 200 milhões, mais os R$ 30 milhões da prefeitura de Caxias que já estão sendo investidos na indenização das áreas e em melhorias urbanas na Vila. Após isso, o empreendimento será terceirizado para a iniciativa privada que o vai concluir, bem como fazer a ponte sobre o Rio Santa Cruz, na divisa com Gramado. É melhor os candidatos colocarem isso no plano de governo. Teremos de levar asfalto até a divisa, pois esse governo não é daqueles que só fala.

Pedágios

Outro temo que urge é a terceirização da EGR. Nem garanto que há tempo para ser deixado até termos um novo governo. As lideranças empresariais deveriam levar o assunto a sério desde agora. O contrato será de 30 anos…

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido