Início Exclusivo Assinantes As melhores escolas públicas da região, conforme nota do Ideb

As melhores escolas públicas da região, conforme nota do Ideb

Tempo de leitura: < 1 minuto

REGIÃO – O Ministério da Educação (MEC) divulgou na semana passada o retrato do ensino pelo país, com os números do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Pelos Anos Iniciais (Ensino Fundamental – 1º ao 5º ano) em instituições municipais, Canela, a Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) João Alfredo Corrêa Pinto atingiu o índice de 6,3 e nos Anos Finais (Ensino Fundamental – 6º ao 9º), a Escola Municipal de Educação Infantil e Fundamental (EMEIF) Cônego João Marchesi somou 5,4.

Falando de escola pública estadual, a grande destaque foi a Escola Estadual de Ensino Médio (EEEM) João Correa que atingiu nas três esferas os melhores números em Canela, sendo 7,1 (Anos Iniciais); 5,4 (Anos Finais) e o mesmo número para Ensino Médio.

Já em Gramado, como ensino municipal nos dois quesitos (Anos Iniciais e Finais) a mesma instituição recebeu a maior nota. Trata-se da Escola Municipal de Ensino Fundamental Presidente Vargas (Emef) que somou 7,7 e 5,9 respectivamente. Para o ensino estadual, seis instituições atingiram o índice de 6,3 na avaliação para Anos Iniciais: Colégio Santos Dumont, Escola Estadual de Ensino Fundamental (EEEF) David Canabarro, Escola Estadual de Ensino Fundamental (EEEF) Nossa Senhora da Pompeia e Escola Estadual de Ensino Médio (EEEM) Boaventura Ramos Pacheco.

Nos Anos Finais a Escola Estadual de Ensino Fundamental (EEEF) Nossa Senhora da Pompeia fez 5,7 e Ensino Médio com 4,7 a Escola Estadual de Ensino Médio (EEEM) Caramuru.

O que é o Ideb?

Ideb é o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, criado em 2007, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), formulado para medir a qualidade do aprendizado nacional e estabelecer metas para a melhoria do ensino.

O Ideb funciona como um indicador nacional que possibilita o monitoramento da qualidade da Educação pela população por meio de dados concretos, com o qual a sociedade pode se mobilizar em busca de melhorias. Para tanto, o Ideb é calculado a partir de dois componentes: a taxa de rendimento escolar (aprovação) e as médias de desempenho nos exames aplicados pelo Inep. Os índices de aprovação são obtidos a partir do Censo Escolar, realizado anualmente.

As médias de desempenho utilizadas são as da Prova Brasil, para escolas e municípios, e do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), para os estados e o País, realizados a cada dois anos. As metas estabelecidas pelo Ideb são diferenciadas para cada escola e rede de ensino, com o objetivo único de alcançar seis pontos até 2022, média correspondente ao sistema educacional dos países desenvolvidos.

IDEB Canela (Média)

5,9 (2019) – Séries Iniciais

4,6 (2019) – Séries Finais

4,4 (2019) – Ensino Médio

IDEB Gramado (Média)

6,3 (2019) – Séries Iniciais

4,8 (2019) – Séries Finais

4,2 (2019) – Ensino Médio

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido