InícioCoronavírusCresce a incidência de contágio nas casas asilares de Caxias

Cresce a incidência de contágio nas casas asilares de Caxias

Tempo de leitura: < 1 minuto

Em 196 testes aplicados em sete casas asilares foram diagnosticadas 35 pessoas positivas para covid-19, em Caxias do Sul. Esta é a terceira rodada de testagem realizada pela Secretaria da Saúde em instituições de longa permanência de idosos e congregações religiosas do Município. Dos 35 casos, 19 são de internos e 16 funcionários. Dentre os primeiros, 11 estão recuperados; no segundo grupo, nove. O número de contágios em relação aos testes aplicados é de 18%.

Nas duas primeiras fases foram testadas 2.489 pessoas, dentre idosos e profissionais em 33 casas distintas. A medida, segundo a Secretaria Municipal da Saúde, permitiu conter oito surtos, dos quais cinco já encerrados e demais seguem ativos e em monitoramento. Na primeira rodada houve identificação de 51 casos positivos e, na segunda, 37. Para efeitos de comparação, a relação de positivos com total de testes, nas duas fases iniciais, foi de 3,5%. A cidade registra oito óbitos de idosos destas casas por complicações em decorrência do coronavírus.

ATUALIZAÇÃO

Subiu para 7.183 o número total de casos confirmados para covid-19, em Caxias do Sul, conforme dados apurados pela Secretaria da Saúde. Destes, 6.126 recuperados estão recuperados, índice de 85%. Dos 939 em tratamento, 881 recebem atendimento domiciliar, 25 em enfermaria e 33 em unidades de terapia intensiva. A cidade tem 118 óbitos e mais 292 pacientes aguardando resultado. O total de casos negativos supera a marca de 46,1 mil.

Na quarta (16), a ocupação de leitos de UTI do SUS era de 79%, com 58 em uso. Na rede privada, era de 84%, com 71 unidades ocupadas. Mais detalhes em https://covid.caxias.rs.gov.br.

Conteúdo relacionado

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido