Início Polícia Gramado e Canela Ação da Brigada Militar prende oito por tráfico no Chacrão

Ação da Brigada Militar prende oito por tráfico no Chacrão

Tempo de leitura: < 1 minuto

CANELA – Na manhã desta sexta-feira (1º), uma ação da Brigada Militar no Bairro Chacrão prendeu oito pessoas e desarticulou um esquema de comercialização de drogas, fechando a casa que era utilizada de base para o tráfico. Três revólveres calibre .38 foram apreendidos, além de 20 munições intactas e 17 deflagradas. Ainda 92 pedras de crack, 146 gramas de maconha, e cinco buchas de cocaína.

Por volta das 7h, a guarnição foi acionada por denúncia anônima via 190, na Rua Egídio Michaelsen, no Bairro Chacrão, informando que havia dois indivíduos em via pública portando arma de fogo e drogas. Os policiais deslocaram e visualizaram dois homens. Ao ser dado ordem de abordagem, um deles permaneceu e o outro correu para o interior de uma casa. O homem que obedeceu a ordem, de 24 anos, morador da cidade de Rio Grande, com antecedentes por tráfico de drogas, sequestro e cárcere privado, estava com um revólver calibre 38 carregado com seis munições intactas na sua cintura. No bolso da calça foi encontrado 23 pedras de crack e três buchas de cocaína.

O segundo indivíduo que entrou na casa desobedecendo a ordem, foi acompanhado e detido. O homem de 28 anos, com antecedentes por furtos, roubo e dois homicídios tentados, morador de Tramandaí, ainda cumpre pena na penitenciaria do Alto do Jacuí, mas estava em liberdade devido a saída temporária de final de ano, desde o dia 28. No bolso de sua calça estavam 28 pedras de crack, duas buchas de cocaína, um tablete de maconha e na cintura um coldre para revólver (sem a arma), contendo três munições de calibre 38 intactas.

Em cima da mesa da casa, usada como base para o comércio de entorpecente, ainda foi encontrado dois canivetes e um rolo de papel alumínio, utilizado para o embrulho das drogas.

Ambos foram presos em flagrante, por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo e encaminhados ao presídio de Canela.

Em seguida, ainda com a ocorrência em andamento, houve denúncia de que um terceiro indivíduo havia fugido para uma casa próxima, onde estaria mais quatro pessoas. Os policiais foram ao local, na Rua Tancredo Neves, e abordaram e identificaram um homem, duas mulheres e um menor de 15 anos. Além de um homem que teria fugido no momento da abordagem.

O adolescente infrator, morador de Caxias do Sul, com antecedentes por tráfico de drogas, estava com 15 pedras de crack, uma porção de maconha e uma munição intacta calibre 38. O homem de 21 anos, morador de Cachoeirinha, tem antecedentes por receptação de veículo e roubo de veículo, ele estava com 26 pedras de crack, e indicou o local onde escondeu sua arma, um revólver calibre 38, com seis munições intactas. A companheira deste, de 26 anos, com antecedente por receptação estava com um tablete de maconha e dinheiro. A outra mulher de 22 anos, de São Paulo/SP, também estava com porções de drogas. Os três foram presos e o menor apreendido.

Por volta das 11h, a guarnição descobriu que o homem que havia fugido pouco antes, estaria escondido em uma residência na Rua Egídio Michaelsen. Chegando no endereço os policiais realizaram contato com o dono da residência, de 40 anos, com antecedentes por posses de entorpecentes, desobediência e apropriação indébita, momento em que o outro indivíduo novamente tentava fugir pelos fundos da casa, mas desta vez foi alcançado pela guarnição. O homem de 19 anos, de Caxias do Sul, antecedentes por roubos a estabelecimentos comerciais e homicídio consumado, foi questionado porque havia fugido, sendo que ele confessou que estava armado e teria entregue ao dono da casa para guardar.

Novamente questionado o dono da casa, este de pronto entrou em sua residência e entregou o revólver calibre 38, carregado com quatro munições intactas e duas deflagradas. Ambos presos em flagrante por porte ilegal de arma de fogo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Conteúdo protegido