Votação ocorreu dentro da normalidade na região

Política

10 de outubro de 2018 às 08:32 hr
Texto
-a
+a

Com uma eleição diferente das anteriores ,principalmente com a força que ganharam as redes sociais, as fake news talvez tenham sido o maior desafio para a Justiça Eleitoral neste primeiro turno de eleições. Segundo Jerônimo Fagundes de Souza, chefe do Cartório Eleitoral de Canela, que atende também Gramado, este primeiro turno transcorreu de forma tranquila com imprevistos habituais deste processo democrático. “Foi um pleito tranquilo, houve problemas habituais como papel na impressora e tivemos também denúncia de eleitores com bandeiras de seus candidatos, mas ambos foram resolvidos rapidamente”, explicou.

Durante o dia, uma denúncia de que uma eleitora de Gramado ao tentar votar em Jair Bolsonaro, registrando o número do candidato, apareceu na tela da urna como ‘voto inválido’. Jerônimo descartou existir fraude e apontou como uma possível falha da eleitora ao registrar o voto, anunciando que denúncias em momentos como este são normais.

“Este tipo denúncia é bastante comum, não só com o candidato Jair Bolsonaro, mas em relação a outros candidatos também. São pessoas que se distraem e colocam o número errado e depois confirmam, infelizmente é algo que sempre vai ocorrer, não tem nada relacionado à fraude. As pessoas que desconfiam da urna, elas deveriam saber que a gente faz diversas auditorias, então não existe este tipo de erro”, alertou. Sobre a disseminação de fake news, o chefe do cartório foi enfático: “São todas tentativas de atacar a democracia”.

Foto: Tiago Manique/JIH

 

« Voltar