Ventos provocam queda de árvores

Cidades

12 de junho de 2018 às 13:42 hr
Texto
-a
+a

Desde o início da noite de domingo, várias regiões do Rio Grande do Sul são atingidas por fortes rajadas de vento. A estimativa é de que mais de 80 mil residências tenham ficado sem energia até a tarde desta segunda (11), principalmente em municípios da Região Metropolitana e da Serra.

Conforme informações da Rio Grande Energia (RGE), na região os municípios mais afetados foram Caxias do Sul, Bento Gonçalves e Canela. Todas as equipes da companhia trabalham para restabelecer a luz, ressaltando que pela alta demanda, em algumas cidades e regiões, o restabelecimento da energia pode levar tempo maior do que é habitual.

Em Caxias do Sul, conforme informações do Corpo de Bombeiros, desde a noite de domingo, até o final da tarde de segunda, foram registrados nove destelhamentos e seis quedas de árvores em diversos bairros. Nas rodovias da região, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal, ocorreram quedas de galhos em alguns pontos, mas sem prejudicar o fluxo normal dos veículos. A previsão é que os fortes ventos, podendo chegar a 80 km/h, devem continuar.

Para amenizar os danos, as equipes das secretarias municipais da Habitação e do Meio Ambiente prestaram atendimento nas áreas rural e urbana. Foram disponibilizadas 10 bobinas de lona de 600 m². Até o final da tarde de segunda, a Prefeitura recebeu apenas uma solicitação de vistoria em uma casa, que ficou danificada pela queda de um eucalipto, em São Brás da 4ª Légua.

Em casos de queda de árvores e galhos em decorrência das condições climáticas, o serviço de retirada de eventuais sujeiras em vias públicas pode ser solicitado pelo telefone (54) 3901-1445. O morador que teve sua casa prejudicada em função do temporal e deseja atendimento para manutenção ou concessão de materiais o contato é pelo telefone (54) 3218.6000 ou pelo 199, da Defesa Civil do Rio Grande do Sul.

 

Previsão - Conforme boletim do Instituto Climatempo, elaborado para o Instituto Rio Grandense do Arroz, o tempo seguirá instável nesta terça (12), com chuvas e ventos. Com o ingresso de nova frente fria na quarta, a previsão é de declínio acentuado das temperaturas entre quinta (14) e sexta. Há risco de ocorrência de novas geadas, mas, como na semana passada, serão de fraca intensidade e bem pontuais.

 

« Voltar