Susepe realiza revista no Presídio Regional de Caxias do Sul

Polícia

09 de agosto de 2017 às 13:15 hr
Texto
-a
+a

O Departamento de Segurança e Execução Penal da Susepe (DSEP) deflagrou, na manhã de ontem, uma operação de revista geral no Presídio Regional de Caxias do Sul, com o objetivo de manter a ordem e a disciplina. A ação, que iniciou às 5h30 e terminou às 9h, integra as atividades da Operação Pulso Firme, desencadeada no dia 28, com integração total das forças da Segurança Pública do RS.
Para a operação, mais de 50 servidores penitenciários foram movimentados, incluindo 25 agentes do Grupo de Ações Especiais da Susepe (Gaes). As operações são coordenadas pelo DSEP, por meio da 7ª Delegacia Penitenciária Regional (DPR), e ocorrem em todas as regiões penitenciárias periodicamente, de forma planejada.
De acordo com o diretor do DSEP, Ângelo Carneiro, as ações também visam identificar e desarticular lideranças negativas. “Este ano, a Susepe intensificou as revistas nos estabelecimentos prisionais. No último mês, foram mais de 15 operações realizadas com o Gaes, além das ações de rotina executadas pelos agentes penitenciários dos presídios”, explica.
Levando em conta a integração entre as forças de Segurança Pública no combate à criminalidade, a operação contou com o apoio de 60 servidores da Brigada Militar, que prestaram apoio ao Gaes na contenção dos apenados no pátio até o término da revista. Participaram também agentes da casa prisional, da 7ª DPR, e da Agência Regional de Inteligência Penitenciária (ARIPEN). As apreensões realizadas não foram especificadas até à tarde de ontem.


Homem é encontrado com ferimento na cabeça


Um morador bairro Esplanada localizou o vizinho João Adelar Rimoldi, 60 anos, caído no interior da residência com um corte profundo na cabeça, provocado por algum objeto contundente.
O morador também comunicou que houve gritos na residência ao lado, por volta das 4h da madrugada e disse que o crime pode se tratar de um roubo, mas não foi confirmado o desaparecimento de objetos da casa. O crime será investigado pela Delegacia de Homicídios e Desaparecidos (DHD).
Rimoldi permanece em estado grave no hospital Pompéia. Ele está sob custódia da Justiça por constar um mandado de prisão contra ele.


Mulher é morta com mais de dez facadas


Aparecida de Fátima Marin Bitencourt, 44 anos, foi encontrada morta por volta das 15h de ontem, em um apartamento na Rua General Góes Monteiro, Bairro São Francisco, em Bento Gonçalves.
Conforme laudo preliminar da perícia, a vítima tinha um corte no pescoço e mais de dez facadas no abdômen e peito, com sinais de decomposição que apontavam ser um crime com cerca de uma semana.
O corpo foi descoberto, após vizinhos contatarem a Brigada Militar e informarem odor elevado no andar da mulher. A hipótese é de crime passional, uma vez que não havia sinais de arrombamento na residência. Este é o 15º homicídio de 2017 em Bento Gonçalves.



Casal é preso por roubo a coletivo


Um casal de assaltantes foram presos no final da noite desta segunda-feira (7), em Caxias do Sul por roubo a transporte coletivo, registrado às 23h, no bairro Santa Lúcia. Segundo ocorrência, a dupla que emboscou o veículo, levou R$ 90 e fugiu a pé, sendo presos pela BM com base nas informações de testemunhas.

« Voltar