Política

SERVIÇO ASSISTENCIAL: Comissão discutirá mudanças salariais

A Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da Câmara de Vereadores de Caxias do Sul se reúne, nesta segunda-feira (8), para debater as mudanças no salário dos trabalhadores
08 de abril de 2019

A Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da Câmara de Vereadores de Caxias do Sul se reúne, nesta segunda-feira (8), para debater as mudanças no salário dos trabalhadores de entidades assistenciais conveniadas com a Secretaria Municipal de Educação para prestação do serviço de educação infantil. A reunião está marcada para às 14h, na Sala das Comissões Geni Petteffi.

A proposição é da integrante do grupo de trabalho, vereadora Denise Pessôa/PT. Segundo ela, há risco da descontinuidade dos serviços assistenciais. O fato se deve à nova tabela de pagamento às entidades, que será adotada pela Fundação de Assistência Social (FAS).

Na tribuna da Câmara, na quarta-feira (3), Denise disse que respeita a pesquisa de valores realizada pela Universidade de Caxias do Sul. Entretanto, a adaptação poderá causar desemprego. “Tem vários contratos em vigência e, para alterar esses salários, as entidades terão que demitir os profissionais, porque tu não pode mudar o salário de uma hora para outra. Até porque vários cargos reduzirão salário. Então, as entidades terão que demitir esses profissionais e os serviços não podem parar”, alegou.

Devem participar representantes da Fundação de Assistência Social, Associação Mão amiga, Casa Anjos Voluntários, dos conselhos municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente e de Assistência Social, do Ministério Público do Trabalho, Ministério do Trabalho e Emprego, do Sindicato dos Empregados em Entidades, Culturais, Recreativas, de Assistência Social, de Orientação e Formação Profissional e dos Conselhos Tutelares. A reunião pública será coordenada pelo presidente do colegiado, vereador Rodrigo Beltrão/PT. Também integram a comissão os vereadores Rafael Bueno/PDT, Renato Oliveira/PCdoB e Tibiriçá Maineri/PRB.





Publicidade