SAÚDE: MPT apresenta irregularidades apuradas na clínica Paulo Guedes

Cidades

07 de fevereiro de 2019 às 12:35 hr
Texto
-a
+a

O Ministério Público do Trabalho (MPT) reuniu-se, nesta terça (5), com os administradores da clínica Paulo Guedes, de Caxias do Sul, para apresentar, com base nos relatórios elaborados pela equipe fiscal, as irregularidades encontradas no hospital durante inspeção realizada em 5 e 6 de dezembro. A inspeção integrou-se à iniciativa do Conselho Nacional do Ministério Público visando os estabelecimentos de saúde mental, que alcançou, nacionalmente, 40 unidades de internação públicas e privadas de 17 estados.

Na reunião foram discutidas questões de saúde e segurança do trabalho apontadas nos relatórios do Centro Regional de Referência em Saúde do Trabalhador e do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia. Dentre elas, insuficiência dos programas de Prevenção de Riscos Ambientais e de Controle Médico de Saúde Ocupacional, e situações de exploração do trabalho, em atividades feitas sem plano terapêutico individual, como a contenção de pacientes por pacientes.

De acordo com o procurador do MPT, em Caxias do Sul, Ricardo Garcia, isto configura trabalho gratuito e não tratamento de saúde. Além disso, foi discutida a conduta da empresa com relação a assédio moral, pelo qual já foi condenada judicialmente em ação passada. Na próxima segunda (11), às 13h30, será realizada audiência no MPT para discussão de termo de ajuste de conduta, que deve formalizar, sob pena de multas, o compromisso de regularização de todos os aspectos trabalhistas identificados na inspeção.

 

Em cartaz, “A esposa”

 

A Sala de Cinema Ulysses Geremia, no Centro de Cultura Ordovás, exibe a partir desta quinta (7) o filme "A esposa", baseado no livro de mesmo nome da escritora Meg Wolitzer. O longa rendeu o Globo de Ouro de melhor atriz para Glenn Close, que interpreta Joan Castleman, uma mulher que questiona suas escolhas de vida enquanto viaja com o marido, Joe (Jonathan Pryce), para a premiação do Nobel de Literatura. Durante 40 anos de casamento, ela sacrificou seu talento, sonhos e ambições para apoiar Joe e sua carreira literária. Agora, Joan enfrentará o maior sacrifício de sua vida e alguns segredos enterrados finalmente virão à tona. O filme seguirá em cartaz até o dia 17 de fevereiro, com sessões de quinta-feira a domingo, sempre às 19h30. Os ingressos custam R$ 10 e R$ 5 (meia-entrada para estudantes, beneficiários ID Jovem, idosos e servidores municipais). O filme tem classificação indicativa de 12 anos.

 

Festival seleciona artistas

 

Estão abertas até domingo (10) as inscrições para o Festival Música de Rua, edição 2019. A organização busca artistas e grupos de música de concerto e também propostas musicais e estéticas atentas a questões emergentes da contemporaneidade. A edição deste ano está marcada para o período de 22 de abril a 5 de maio, em duas etapas, focando a formação de plateia e levando a música para onde as pessoas estão com uma maratona de shows de atrações nacionais e internacionais em Caxias e Bento Gonçalves. Inscrições em www.festivalbrasileirodemusicaderua.com.

 

« Voltar