Primeiro lote do Stinger GT é especial e limitado

Variedades

08 de outubro de 2018 às 12:15 hr
Texto
-a
+a

O Stinger GT chega ao mercado brasileiro com o status de veículo mais potente da história da Kia. As primeiras 20 unidades a serem vendidas no Brasil fazem parte de uma edição especial, numerada, denominada Launch Edition by Fittipaldi, com identificação no painel e placa especial assinada pelo próprio bicampeão mundial de Fórmula 1, Emerson Fittipaldi.

Osedã esportivo é equipado com motor V6, 3.3 litros, biturbo e com 370 cv de potência. Faz de 0 a 100 km/h em 4,9 segundos e atinge velocidade máxima de 270 km/h. Com uma nova geração de transmissão automática de oito velocidades, o Stinger GT proporciona mudanças de marcha suaves e rápidas, por meio da alavanca equipada com a tecnologia e-shift. Borboletas atrás do volante garantem condução ainda mais esportiva.
Normalmente encontrada em aplicações de motores de aeronaves e de corrida, esta transmissão tem a primeira utilização pela Kia de um amortecedor de pêndulo centrífugo para ajudar a reduzir vibrações. Assim como a suspensão e a direção, é possível selecionar até cinco padrões diferentes de transmissão por meio do sistema de acionamento eletrônico do veículo.O sistema de tração nas quatro rodas auxilia o motorista em pistas sinuosas e condições adversas.
Os vários sistemas avançados de assistência ao condutor operam em conjunto para oferecer mais segurança e comodidade. Dentre eles, sensores ultrassônicos informam a existência de obstáculos ou pedestres na frente e atrás do veículo. A função blind-spot colision warning sinaliza a presença de outro veículo no ponto cego do motorista, inclusive durante as mudanças de pista.
O alerta de tráfego cruzado traseiro monitora a área situada atrás do veículo ao sair de ré de uma vaga de estacionamento, alertando o motorista com um aviso sonoro caso seja detectado algum tráfego cruzado.Outro destaque é o sistema Around View Monitor, com orientação de estacionamento, que combina as imagens de quatro lentes grande-angulares posicionadas na frente, na traseira e nas laterais do veículo para fornecer uma visão completa do entorno, seja na hora de estacionar ou enquanto trafega a velocidades inferiores a 20 km/h.
 

Maior espaço interno– Os 2.905 mm de distância entre-eixos do Stinger GT são mais longos do que outros veículos do segmento premium, permitindo acomodação espaçosa a seus ocupantes. O porta-malas, de 660 litros, também é maior do que muitos de sua categoria, e dispõe de porta elétrica com funcionalidade smart trunk.

Destaque para o couro nappa nos assentos com contornos profundos. Os bancos dianteiros possuem células de ar no encosto, além de estofamento para total comodidade. O console central é intuitivamente dividido em duas áreas específicas: os controles de informações e entretenimento se posicionam sob uma grande tela colorida sensível ao toque de oito polegadas, enquanto os controles de clima e ventilação estão localizados abaixo.

A lista de itens de conforto e de dirigibilidade contempla ainda volante revestido de couro, painel mostrador com uma combinação de instrumentação analógica e digital, tela de TFT colorida entre os medidores que aponta dados de desempenho e informações auxiliares, como o computador de bordo, a configuração de controlador e a navegação. O Stinger GT também chega ao mercado com os modernos sistemas de informação e entretenimento. A altura ajustável do visor colorido head-up display permite que o motorista veja informações importantes sobre a direção refletida no vidro do para-brisa, navegação passo a passo, configurações de áudio e controle de cruzeiro.

Externamente, da grade frontal às curvas laterais, o Stinger GT transmite aparência robusta. Na traseira despontam o capô alongado e os para-brisas inclinados. As rodas largas, juntamente com os contornos rebaixados ao longo das portas, reforçam o visual do veículo. Outros elementos puramente funcionais do design exterior, como as cortinas de ar frontais, os arcos das rodas, a parte inferior lisa e o difusor traseiro integrado, ajudam a eficiência aerodinâmica.
 

« Voltar