Mulher é presa com 4,7 mil unidades de LSD

Polícia

19 de julho de 2017 às 21:00 hr
Texto
-a
+a

Uma mulher foi presa ontem na Estação Rodoviária de Caxias do Sul transportando 4.770 micropontos de LSD. A detenção resultou da Operação Chuva Ácida, da 1ª Delegacia de Investigações do Narcotráfico da Polícia Civil. Trata-se da maior apreensão deste tipo de droga sintética no Rio Grande do Sul.

Segundo o delegado Guilherme Calderipe, policiais investigam e monitoram a rota de drogas sintéticas no Rio Grande do Sul há cerca de um ano. “O LSD viria da Europa e as suspeitas dão conta de que entraria pelos aeroportos do Rio de Janeiro ou São Paulo, para depois serem encaminhadas a Porto Alegre, via transporte aéreo ou terrestre”, conta Calderipe.

O delegado estima que a droga apreendida esteja avaliada em quase meio milhão de reais no varejo, considerando que um ponto, o equivalente a quatro micropontos, é comercializado, em média, por R$ 100 nas festas. O delegado acredita que outras prisões ocorram a partir desta apreensão.
Este tipo de droga é tipicamente consumido em eventos noturnos, como festas rave, e costuma ter uma clientela de alta renda. “Os pais devem ficar atentos aos cuidados com seus filhos, eis que a droga é parecida com uma singela figura”, alerta Souza. 

« Voltar