Cidades

Movimentação de passageiros aumenta 25% no aeroporto

Novo voo ligando Caxias a Guarulhos contribuiu para saldo positivo nos primeiros meses do ano
03 de maio de 2019 às 12:06
Foto: Leonardo Portella, Divulgação

O Aeroporto Regional Hugo Cantergiani, em Caxias do Sul, fechou o primeiro trimestre com alta de 25% no número de passageiros transportados em relação ao mesmo período do ano passado. De janeiro a março deste ano, 56.554 pessoas utilizaram os voos oferecidos pelo terminal caxiense, média de 628 passageiros por dia. O levantamento considera voos comerciais, oferecidos pelas companhias aéreas Azul e Gol, e particulares.

Um dos principais fatores a contribuir para o crescimento foi o início da operação de um novo voo para o estado de São Paulo, operado pela Gol desde outubro, com destino ao Aeroporto Internacional de Guarulhos. Com a nova conexão, a companhia passou de 152 pousos e decolagens, no ano passado, para 177 neste. Também movimentou mais usuários no período: foram 41.095 passageiros contra 29.861 em 2018. A companhia oferece também um voo com destino ao Aeroporto de Congonhas. Já a Azul é responsável pela conexão entre Caxias e Campinas. A companhia registrou 67 pousos e decolagens na cidade no trimestre, movimentando pouco mais de 11 mil passageiros.

De acordo com o diretor do aeroporto, Maurício Loreto D'Avila, todos os voos comerciais oferecidos pelo terminal caxiense estão com média acima de 85% de ocupação. Ele também elenca a realização da Festa da Uva, entre fevereiro e março deste ano, como um dos pontos que contribuíram para o incremento na movimentação do terminal. Em relação aos voos particulares, o Hugo Cantergiani atendeu a demanda de 504 pousos e 506 decolagens no período.

Melhorias em execução

O terminal caxiense também mira em novas melhorias. Além da cobertura externa, que aguarda um aditivo no contrato para implantação de uma viga metálica para reforçar a estrutura, haverá novos investimentos. Um deles prevê a instalação de um elevador para acesso ao segundo piso. Segundo Maurício Loreto D'Avila, o elevador será fundamental para ampliar a acessibilidade do prédio, que recebeu pisos táteis nos últimos anos. Há também a previsão de construção de banheiros na sala de desembarque.

Haverá ainda licitação para a implementação de um novo sistema de monitoramento por câmeras no local, reforçando a segurança. Recentemente, pinturas no pátio e nas torres de iluminação também receberam melhorias.