Cidades

Morre o professor Gardelin

Escritor, poeta, professor, jornalista, político e historiador brasileiro, Mário Gardelin faleceu aos 91 anos, na tarde desta quinta (4), no Hospital Virvi Ramos, onde estava internado
05 de abril de 2019

Escritor, poeta, professor, jornalista, político e historiador brasileiro, Mário Gardelin faleceu aos 91 anos, na tarde desta quinta (4), no Hospital Virvi Ramos, onde estava internado desde 19 de março. Gardelin nasceu em Caxias do Sul no dia 8 de fevereiro de 1928.

Historiador formado em 1964 pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras, precursora da Universidade de Caxias do Sul, Gardelin se destacou no meio acadêmico, onde atuou por mais de 40 anos como docente e pesquisador da imigração italiana. Também foi assessor da instituição para Assuntos de Povoamento, Imigração e Colonização e vice-reitor entre 1982 e 1986. Gardelin atuou na política, tendo exercido a vereança por três legislaturas. Ele foi um dos fundadores da Academia Caxiense de Letras e integrante do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Sul. Em nota oficial, a ARI Serra Gaúcha lamentou a perda de mais um jornalista que marcou a história de Caxias do Sul. 

O corpo de Mario Gardelin está sendo velado desde as 21h na capela A do Memorial São José. O sepultamento ocorre a partir das 16h no Cemitério da Sociedade de Ana Rech. Gardelin deixa a esposa Vanyr Tonoli Gardelin, os filhos Cristóvão, João Carlos e José Fernando e netos.