Manu Caliari é a primeira mulher a assumir a presidência da Câmara

Política

12 de janeiro de 2018 às 15:42 hr
Texto
-a
+a

A Câmara de Vereadores reescreveu sua história empossando a primeira mulher como presidente no Legislativo gramadense, em 63 anos de atividades. A vereadora Manu Caliari (PRB), empossada nesta quarta-feira (10) como presidente da Casa, agradeceu pelo respeito e a confiança concedida por seus pares para exercer a missão de dirigir os destinos do Legislativo municipal. Durante a solenidade, a primeira mulher eleita vereadora em Gramado, Diva Masotti, fez a entrega de um buquê de flores a Caliari.

Em seu discurso de posse, Manu cobrou respeito com o Poder Legislativo. “Vamos continuar trabalhando com muito respeito aos Poderes Executivo e Judiciário, mas não vamos tolerar desrespeito ao Poder Legislativo. Cada parlamentar precisa ser respeitado independente da sua ideologia, do seu partido e da sua posição pessoal filosófica, cada vereador aqui representa uma parcela total da comunidade, e como presidente vou assumir cada um deles, mexeu com um mexeu com todos”, afirmou. 

A nova presidente do Legislativo gramadense destacou, ainda, que o fato de se tornar a primeira mulher a assumir a Câmara de Vereadores é uma conquista da comunidade. “Embora eu esteja assumindo a presidência, esta Casa é uma só. A cerimônia de posse não é para a vereadora Manu, porque esta é uma conquista social e coletiva. É uma conquista da sociedade gramadense, ela é de cada uma de nós, e analisando o contexto mundial, todas as conquistas coletivas são muito mais proveitosas do que as conquistas individuais”, revela.

Ao longo dos 63 anos de atividades, passaram pela Câmara de Vereadores doze mulheres. Foram elas: Janete fraga, Loiva Hörlle, Nilva Baretta, Marli Cavallin, Diva Masotti, Iria de Souza Pinto, Dra. Carmen Nogueira, Mariana Melara Reis, Raquel Reis, Manu Caliari, Rosi Ecker Schmidt e Vera Simão.

A solenidade contou com a presença do deputado estadual Sérgio Peres (PRB), do deputado federal Carlos Gomes (PRB), do prefeito João Alfredo Bertolucci (PDT), do vice-prefeito Evandro Moschem (MDB), do juiz de Direito Cyro Púperi, dos promotores de Justiça Max Guazzelli e Natália Cagliari, da comandante da Brigada Militar de Gramado capitã Cláudia Maldaner, do delegado de Polícia Civil de Gramado Gustavo Barcellos, além de líderes partidários, secretários municipais, vereadores e ex-vereadores, empresários e membros da comunidade.

Perfil – Manoela Gonçalves da Costa Caliari, mais conhecida como vereadora Manu, nasceu no dia 24 de janeiro do ano de 1984 em Porto Alegre. Filha de Ivoni Maria Cunha Gonçalves, gaúcha, e de Bernardino da Costa Moreira, português. Aos 13 anos, Manu adotou Gramado como sua cidade no ano de 1997, vindo residir aqui juntamente com sua mãe, Ivoni. 

Empresária, Manu iniciou sua trajetória política preocupada em ajudar sua comunidade com ideias e projetos que destaquem, principalmente, a inclusão social. Lançou sua candidatura a vereadora no ano de 2012 pelo Partido Republicano Brasileiro (PRB), elegendo-se com 890 votos. Destacou-se no Legislativo gramadense em seu primeiro mandato devido a sua atuação firme e preocupação com o melhor para Gramado. 

Manu já atuou na Mesa Diretiva sendo vice-presidente, primeira e segunda secretária da Câmara. Participou das Comissões Permanentes de Direitos Humanos e Constituição, Justiça e Redação e das Temporárias de Ciclovia, Telefonia e Código de Posturas do Município. Em 2016 concorreu pela segunda vez à Casa, elegendo-se novamente com 799 votos. Em 2017 a vereadora Manu participou da Comissão de Constituição, Justiça e Redação da Câmara e foi 2ª Secretária da Casa.

« Voltar