Familiares comparecem para exame de DNA

Polícia

08 de agosto de 2017 às 13:00 hr
Texto
-a
+a

A identidade de Luciano Vargas Silva, 45 anos, o Pig, natural de Santa Maria e residente no Bairro Mariland, em Caxias do Sul, está para ser confirmada pelo Instituto Geral de Perícias. Vítima de homicídio esquartejado, teve sua identificação prévia realizada apenas pelas tatuagens. Ontem, dois possíveis familiares compareceram para realizar o exame de DNA que confirmará a identidade da vítima.
O crime é investigado pela Delegacia de Homicídios e Desaparecidos (DHD), do qual busca por imagens de câmeras de segurança, identificar o possível autor do crime, que tem indícios de motivação passional.
O corpo de Silva foi encontrado na madrugada de quarta-feira (2), em um contêiner de lixo da Rua Sinimbu. Apenas 30 % do corpo estava no lixo e, mesmo com a localização de uma mulher do qual ele estava envolvido, sua cabeça não foi achada e, sua identidade ainda é uma incógnita. O exame de DNA pode levar 90 dias para ser confirmado.

Homem é encontrado morto no bairro Reolon – Um homem foi encontrado sem vida próximo ao Arroio Tega, no Bairro Reolon, Rua Luiz Covolan. Testemunhas relataram que ele aparentava estar supostamente alcoolizado e caiu de um piso superior, dentro do arroio. A Polícia Civil compareceu ao local e a perícia foi realizada para apontar se a o ferido foi vítima de homicídio. André da Silva Fernandes, tinha 47 anos e conforme laudo preliminar da perícia, pode ter sofrido um mal súbito.

 


Praça do exército é baleado em assalto


Um sub tenente do exército brasileiro, lotado no 3º Grupo de Artilharia Antiaérea (3º GAAAe), foi baleado em uma tentativa de assalto na noite de sábado (5), na Rua Manoel Pedrotti. O militar de 47 anos, estaria retornando para casa, quando criminosos tentaram levar seu carro e efetuaram um disparo contra sua perna.
O sub tenente foi socorrido pelo Samu ao Hospital Virvi Ramos e os criminosos não lograram êxito no assalto.


Vice-prefeito pede informações sobre guardas municipais dormindo em viatura


Ricardo Fabris de Abreu (PSD), vice-prefeito de Caxias, protocolou ontem um pedido de informações sobre a denúncia de que guardas estariam dormindo em uma viatura da Guarda Municipal (GM), no Centro de Atendimento Psicossocial (CAPS).
O vice confirmou que recebeu a denúncia de um servidor durante a madrugada de domingo. O vice dirigiu ao local e confirmou a denúncia.
A viatura envolvida na denúncia é coincidentemente, a mesma que se envolveu em um caso recente na Vila Leon, no dia 30 de junho, no qual dois guardas teriam dormido, de modo que o veículo foi furtado por algumas horas e teve equipamentos saqueados.



Traficante é preso no centro


Um traficante de 20 anos foi preso no fim da tarde deste domingo (6) no Centro de Caxias do Sul, durante patrulhamento de rotina. A abordagem se deu após policiais militares avistaram o rapaz em atitude suspeita na Rua Pinheiro Machado, no Centro. Em revista pessoal, foram encontrados no interior de uma mochila porções de erva semelhante à maconha, balança digital e quantia em dinheiro. Ele foi preso e encaminhado à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) para registro da ocorrência.

Agências bancárias de Fontoura Xavier são assaltadas


As agências bancárias do município de Fontoura Xavier voltaram a ser roubadas na tarde de ontem, após diversos criminosos armados, atacarem os bancos Banrisul e Banco do Brasil. Houve troca de tiros com vigilantes e foi feito um cordão humano com os reféns, para facilitar a fuga dos criminosos.

« Voltar