Leia Fácil

Cidades

Estudantes fazem ato em defesa da educação

Atividades estão programadas para a Praça Dante Alighieri e no Bloco H da Universidade de Caxias do Sul
15 de maio de 2019 às 09:51
Foto: Divulgação, BD

Entidades ligadas à educação realizarão, nesta quarta (15), atos de protesto em todo o Brasil contra o corte de verbas e outras medidas que o governo federal vêm adotando para a área. Em Caxias do Sul, as mobilizações ocorrerão em dois momentos, abordando pautas nacionais.

O primeiro ato será das 17h30 às 19h, na Praça Dante Alighieri, em defesa do Instituto Federal. “O foco principal é alertar a população. Falar sobre os impactos que o corte de 30% de repasses acarreta nas instituições federais”, ressalta Eduardo Neves, presidente do Diretório Central de Estudantes do Instituto Federal de Caxias do Sul (DCE IFRS).
O segundo ato será das 19h15 às 20h, no Bloco H da Universidade de Caxias do Sul (UCS).  A pauta é a defesa da educação, da autonomia das universidades e dos cursos da área de humanidades. “É uma luta contra medidas descabidas que o presidente Jair Bolsonaro quer implantar. Ao invés de fortalecer a educação, parece que os mandatários deste país preferem sucateá-la cada vez mais”, lamentou.

Nos eventos chamados pelas entidades de estudantes da UCS e do IFRS - Campus Caxias estão previstas manifestações de lideranças locais, estaduais e federais. “Contamos com a presença de estudantes e seus familiares, e da população em geral. São medidas que afetam a todos, direta ou indiretamente. No Instituto Federal de Caxias, se nada for feito, em curto espaço de tempo, 1,6 mil estudantes perderão suas bolsas. Seguindo nesse ritmo, a expectativa é que em setembro, a instituição não consiga mais pagar contas básicas, como água e luz”, alertou.