Cidades

Escola Atiliano Pinguelo passará por reforma total

Prefeitura estima que precisará investir mais de R$ 1 milhão na solução dos problemas
18 de abril de 2019 às 12:37

A Prefeitura de Caxias do Sul reformará toda a estrutura da Escola Municipal Atiliano Pinguelo, no Bairro Diamantino. A decisão do Executivo busca dar uma solução definitiva aos problemas estruturais da instituição, registrados há, pelo menos, cinco anos. Com isso, os 142 estudantes, além de professores, funcionários e equipe diretiva serão transferidos provisoriamente para outro local, de forma a não separar turmas ou alterar os vínculos já formados. A administração está em contato com possíveis locadores para sediar a escola durante as reformas do prédio original. A estimativa do Executivo é viabilizar a locação até o fim da próxima semana, a fim de retomar todas as atividades dos estudantes.

As aulas na instituição foram suspensas na terça-feira (16) após um muro de contenção apresentar maior movimentação com o temporal registrado no fim de semana. O problema foi ocasionado por uma sobrecarga do aterro, causada pela invasão da área por parte de algumas famílias. As casas construídas de forma irregular causaram a obstrução do sistema de drenagem de águas superficiais, o que aumentou a força exercida sobre o muro, sobretudo em dias de maior precipitação de chuva. A reforma depende da realocação dessas pessoas.

A primeira família foi removida pela Secretaria da Habitação nesta quarta-feira e encaminhada para uma unidade habitacional. Todas as famílias contarão com apoio do aluguel social, por seis meses, prorrogável por mais período igual. Elas deverão buscar um imóvel para aluguel e poderão contar com até um salário-mínimo por mês para auxiliar nessa despesa. As demais casas devem ser retiradas até o fim da próxima semana.

Assim que as casas forem removidas, a Secretaria do Planejamento dará início à sondagem do terreno. De posse desse estudo, a Secretaria da Educação poderá projetar as melhorias na escola, num investimento estimado de R$ 1 milhão. A secretaria disponibilizará transporte aos estudantes da Atiliano Pinguelo para o novo local das aulas, assim que forem retomadas.