Comércio estima alta de até 20% nas vendas de Natal

Comunidades

12 de dezembro de 2018 às 12:10 hr
Texto
-a
+a

O clima de Natal inspira o comércio de Bento Gonçalves – não apenas a decorar seus estabelecimentos com motivos temáticos, mas, principalmente, a concretizar bons negócios na reta final de 2018. A principal data geradora de vendas para o varejo vem carregada de otimismo no país: pesquisa realizada em todas as capitais pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) indica injeção de aproximadamente R$ 53,5 bilhões na economia do país neste Natal. Em termos percentuais, 72% dos brasileiros planejam comprar presentes para terceiros nesta data.

Em Bento Gonçalves, a perspectiva de aumento segue a estimativa nacional. Levantamento feito pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) do município mostra que 67% dos lojistas entrevistados esperam algum percentual de crescimento nas vendas. Dessa quantidade, 34% acreditam em até 10% de alta e 15% apostam em melhora acima dos 20%.

Para o presidente da CDL-BG, Marcos Carbone, os números que revelam o otimismo dos comerciantes são resultado de uma combinação de fatores. Entre eles, a crescente preparação do varejo para extrair, dessas datas, os melhores resultados nos negócios. “Durante todo o ano o comércio vem trabalhando na qualificação do atendimento, na oferta de mix atrativo e em uma série de diferenciais que fidelizam o cliente. Agora, vem colhendo os resultados desse esforço”, avalia.

Outro fator que ajuda na promoção das vendas são as campanhas de incentivo promovidas pela entidade – a exemplo do Bento Natal Premiado, que estimula os bento-gonçalvenses a fazerem suas compras no comércio local por meio do sorteio de prêmios. Quem optar pelas lojas da cidade ganha a chance de concorrer a televisores, bicicletas, caixas de som e um carro zero quilômetro, que serão sorteados na noite de 21 de dezembro, na Via Del Vino. Nesta edição, a campanha Bento Natal Premiado teve distribuição recorde de cupons: meio milhão de cartelas.

 

 

« Voltar