CULTURA: Velório é base de novo curta

Variedades

05 de dezembro de 2018 às 12:35 hr
Texto
-a
+a

“Num velório, um encontro de almas (que nunca envelhecem), revela a pluralidade de suas relações com o falecido, brindando à eloquência da vida justamente onde é praxe celebrar a morte”. A sinopse sintetiza a trama do novo curta do diretor e roteirista Le Daros, com lançamento nesta quarta (5) e sábado (8).

Após vários trabalhos ligados a temáticas sociais, o foco dessa vez é a “transcendência inerente a todo ser humano”, com narrativa lírica, no gênero realismo fantástico e recheada de simbolismos. “A ideia por si só de conduzir essa estória num velório, onde a câmera revela o pensamento dos presentes, já nasce com muita força. Afinal, de todos os rituais que nós eventualmente compartilharemos, esse talvez seja o mais marcante, justamente por ser o ato final”, analisa.

Na seleção do elenco, o diretor buscou apenas atores jovens, pois o conceito era apresentar a essência de cada personagem, independentemente da sua idade real – uma vez que a premissa empregada é de que “a alma nunca envelhece”. E assim, numa sucessão de reverências ao morto (Antônio), vai se construindo uma pequena biografia do mesmo, apenas através de imagens.

“Antônio e os Seus” é uma produção sem qualquer financiamento externo, gravada em apenas um dia, em dezembro de 2014, e que somente este ano vem a público para lançamento. “Demorou, por uma série de razões, mas o importante foi termos alcançado um resultado de acordo com nossas expectativas”, confessa.  As sessões serão às 20h de quarta e às 18h de sábado, na Sala de Cinema Ulysses Geremia, no Centro de Cultura Ordovás, com entrada franca.

 

Seminário na UCS

 

O III Seminário "Mobilidade Humana e Dinâmicas Migratórias" ocorre nesta quarta (5), na Universidade de Caxias do Sul, reunindo pesquisadores que tratam do tema migratório. A atividade, que se inicia às 9h, na Sala 208 do Bloco H, do Campus-Sede, tem como objetivo fortalecer os grupos de pesquisa e de alinhavar novos projetos. A programação terá dois momentos: pela manhã, discussões sobre as "Migrações e políticas: perspectivas" e, a partir das 14 horas, "Migrações e etnias: perspectivas".

 

Moradias populares

 

O prefeito de Flores da Cunha, Lídio Scortegagna, e o secretário de desenvolvimento social, Ricardo Espíndola Silva, acompanharam na manhã desta terça (4) a construção das casas no Loteamento Popular de Nova Roma. São três unidades financiadas pela Prefeitura, cada uma ao custo de R$ 22 mil. As demais residências estão ou vão ser construídas pelos beneficiados, que foram selecionados pelo setor de habitação, conforme regulamentação e o cadastro municipal. A área de aproximadamente 4.800 metros quadrados conta com 28 terrenos, cada um com 150 a 180 metros quadrados. Os beneficiários, que estavam previamente cadastrados, foram avaliados pelo Departamento de Habitação e Assistência Social.

 

Arrecadação de potes plásticos

 

A rede da ATP, por meio das lojas de suplementos e Farmácia de Manipulação, desenvolve campanha permanente de arrecadação de potes plásticos para destinar à Legião Franciscana de Assistência aos Necessitados, em Caxias do Sul. O estabelecimento é ponto de coleta de frascos plásticos como potes de whey, embalagens em geral e de medicamentos. As doações são utilizados para atividades de artesanato pelos idosos atendidos. As doações podem ser entregues nas lojas da rede localizadas nas ruas Bento Gonçalves, 1335, e Sinimbu, 2222.

 

« Voltar