CAMPANHA SALARIAL 2018

Política

13 de abril de 2018 às 13:35 hr
Texto
-a
+a

A direção do Sindicato dos Servidores Municipais (Sindiserv) recebeu, na tarde da terça-feira (10), a resposta ao documento protocolado em 29 de março, referente à Campanha Salarial 2018. A resposta do Executivo foi negativa.

De acordo com a presidente Silvana Piroli, o prefeito Daniel Guerra/PRB sequer recebeu os dirigentes sindicais. “Os governos sempre recebiam a Comissão da Campanha e definiam uma data para o início das negociações. Este comportamento de encaminhar respostas por meio de ofício causa estranheza e significa desvalorização do servidor e desconsideração com a assembleia geral da categoria”, afirmou.

A pauta de reivindicações contém 11 itens. Todos foram negados pelo Executivo. Com relação ao repasse da trimestralidade, a resposta é que terá projeto encaminhado ao Legislativo a cada período. O Sindiserv havia proposto que a correção se tornasse lei permanente. Sob alegação da crise financeira, o Executivo rechaçou conceder ganho real de 1,5% no salário, reajustar os auxílios alimentação e creche e aumentar as licenças-prêmio.

A entidade também propôs a correção das distorções da Lei 409, mas o mandatário respondeu que estuda o tema e, posteriormente, comunicará a conclusão. O Sindiserv também queria o fim das terceirizações, porém, o Executivo insiste na defesa da chamada gestão compartilhada.

Segundo Silvana, a resposta do prefeito Daniel Guerra será levada à assembleia da categoria. A data ainda não foi marcada. A finalidade é deliberar sobre os próximos passos da mobilização.

 

NOTA OFICIAL

 

“Em relação à resposta ao Ofício 026/2018, o SINDISERV destaca que sempre procedeu dentro dos parâmetros legais e morais quando das eventuais visitas aos setores. Esse sindicato sempre comunicou aos respectivos secretários (as) responsáveis pelos setores antes de proceder com qualquer visita aos locais de trabalho.

Em nenhum momento houve qualquer tipo de conduta desrespeitosa, arbitrária e tampouco ilegal por parte do SINDISERV no cumprimento de suas atividades. Igualmente, destaca-se que o respeito e a ética pautaram todas as atividades do SINDISERV até o presente momento e continuarão sendo princípios basilares dessa entidade.

O SINDISERV jamais desrespeitou qualquer limite ao espaço de jurisdição pertencente a este Município, muito pelo contrário, sempre atuou de maneira cordial e estritamente dentro das normas legais, uma vez que todas as visitas feitas por seu corpo de diretores, devidamente empossados, sempre foram precedidas de comunicação a tais secretarias.

Imperioso frisar que o SINDISERV, assim como este Município, preza pelo bom relacionamento com seus pares. Todavia, ao mesmo tempo, possui uma função institucional fiscalizatória a ser cumprida, uma vez que representa toda a categoria dos servidores municipais de Caxias do Sul, nos termos do art. 8º da Constituição Federal. Para tanto, precisa visitar os locais de trabalho e averiguar se todos os direitos dos servidores públicos estão sendo cumpridos, bem como a condição em que tais servidores desenvolvem suas atividades”.

 

« Voltar