Barroso abre investigação contra Temer e Loures

Política

13 de setembro de 2017 às 12:30 hr
Texto
-a
+a

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, decidiu, ontem, abrir inquérito para investigar o presidente Michel Temer e o ex-deputado federal Rodrigo Rocha Loures. Também serão investigados mais dois empresários, por suspeitas de crimes de corrupção ativa, passiva e lavagem de dinheiro.O pedido é do procurador-geral da República, Rodrigo Janot. A finalidade é apurar suspeitade recebimento de vantagens indevidas pelo suposto favorecimento da empresa Rodrimar S/A. Conforme a denúncia, a contrapartida dos políticos teria disso a edição do Decreto dos Portos, este ano.

De acordo com Janot, o decreto teria contemplado, ao menos em parte, as demandas de Rocha Loures em favor da Rodrimar. A abertura do inquérito foi pedida em junho e remetida ao ministro Edson Fachin. Ele recebeu o processo, mas entendeu que deveria ser redistribuído a outro integrante da Corte. Isso porque julgou não ter conexão com a investigação que envolve Michel Temer, a partir das delações da JBS. Também serão investigados os empresários ligados à Rodrimar, Ricardo Conrado Mesquita e Antônio Celso Grecco.

Por meio de nota, a direção da Rodrimar disse que recebeu a notícia com serenidade. Eles confirmaram que o decretou atendeu a todo o setor de portos, e não, somente a empresa.

« Voltar