Leia Fácil

Fernando Santos

APARTE

30 de abril de 2019 às 08:40

Boatos rondam o Executivo

 

A semana começou com sérios comentários a respeito do governo municipal. Entre eles, de que o secretário de Habitação, Renato Nunes, seria exonerado e voltaria à Câmara de Vereadores a fim de ocupar a vaga que seria deixada pela saída de Tibiriçá Maineri, que voltaria a comandar a Coordenadoria Municipal de Acessibilidade. Além disso, comentou-se também nos bastidores a possível extinção da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer. Segundo fontes do Legislativo, o anúncio ocorreria durante reunião de secretariado do prefeito Daniel Guerra/PRB, na noite desta segunda (29). Entretanto, no evento de apresentação do anteprojeto do Aeroporto Regional da Serra Gaúcha, o chefe do Executivo não deixou transparecer nenhum indício de que os boatos seriam verdadeiros. Até o fechamento desta edição, nada havia sido confirmado nem mesmo negado pela administração.

 

A MUDANÇA VEM DE NÓS

 

Este é o lema da gestão da vereadora caxiense Paula Ioris, eleita presidente do PSDB Mulher/RS até 2021. A eleição ocorreu no sábado (27), durante a convenção estadual, realizada no plenarinho da Assembleia Legislativa. Paula assumiu o cargo que era exercido por Ivana Flores. Com relação ao lema, a tucana disse que expressa o propósito no exercício do cargo. “Mulheres, homens e a juventude tucana alinhados na busca de um lugar melhor para se viver. O desafio aumenta, mas conto com um grande e qualificado time de tucanas”.

Ainda, segundo Paula Ioris, a gestão terá metas: fazer o partido e o segmento crescer, formar e desenvolver mulheres para ampliar a participação feminina na política e fomentar políticas públicas estruturantes, privilegiando mulheres e crianças. A tucana assume o segmento a um ano do período para novas filiações e troca de legenda para concorrer às eleições municipais de 2020. “Queremos dobrar a nossa bancada na Câmara de Vereadores de Caxias”, adiantou. Em 2016, Paula foi a mulher mais votada para o Legislativo e a segunda em número de votos entre os 23 eleitos.

 

COMO SELECIONAM OS ESTAGIÁRIOS?

 

Esta é a principal pergunta de um pedido de informações ao Executivo, que será votado, nesta terça, na Câmara de Vereadores de Caxias. O autor do requerimento é o vereador Alberto Meneguzzi/PSB. O documento é endereçado à Secretaria Municipal de Recursos Humanos e Logística.

Caso aprovado, o governo municipal terá até 30 dias de prazo para enviar informações de como ocorre a contratação dos estagiários da administração direta e autarquias.

 

EFEITO CASCATA

 

O anúncio de novo atraso salarial veio exatamente no dia em que a direção do Cpers/Sindicato se reuniu com o governador Eduardo Leite. A entidade reivindica reposição salarial de 28,78% e a realização de concurso público para professores e funcionários de escola. Entretanto, a agenda no Palácio Piratini não invalidou a decisão da categoria de paralisar as escolas por um dia, toda vez que ocorrer o atraso no pagamento dos salários. Com isso, os alunos terão feriado de dois dias esta semana: 1º de maio, dia do Trabalhador, e o dia 2, protesto da categoria.

 

FLORES TEM VICE!

 

Ao contrário de Caxias do Sul, Flores da Cunha tem vice-prefeito e ele não é figurativo, como foi o ex-vice de Daniel Guerra, Ricardo Fabris de Abreu – que, cansado de ser relegado por quem ele havia rubricado a chapa eleitoral, em 2016, acabou renunciando ao cargo. Na manhã desta segunda-feira (29), o prefeito Lídio Scortegagna/MDB transmitiu o cargo para o vice, Almir Zanin/PSB. O motivo é a viagem à Espanha para participar da missão econômica Turismo Gastronômico para o Desenvolvimento Local, por meio do 5º Fórum Mundial sobre Turismo Gastronômico da Organização Mundial de Turismo. Zanin fica como prefeito em exercício até o dia 5 de maio.